InícioArtigos> Motivação e estímulo - os detalhes que fazem a diferença

Tamanho da fonte:-A+A

Motivação e estímulo - os detalhes que fazem a diferença

vanessapirolo@dotnews.com.br // terça, 27/02/2007 15:24

As organizações precisam compreender o conceito da instituição em si, a natureza dos negócios, a sua razão de existir e as pessoas que elas atingem. As empresas desenvolvem declarações de missão que devem ser compartilhadas com seus funcionários, colaboradores, clientes e acionistas. Um discurso de missão bem formulado traz aos funcionários um senso compartilhado de propósitos, direção e oportunidade.

A empresa que tem a preocupação de disseminar a prática da responsabilidade social no ambiente organizacional ajuda a entender e incorporar de forma progressiva o conceito do comportamento empresarial socialmente responsável, a assumir responsabilidades com todos os colaboradores que são influenciados por suas decisões. Uma empresa socialmente responsável não é aquela que faz doações ou filantropia – é aquela que é empresa-cidadã. Isso quer dizer não poluir o ambiente, respeitar as leis, pagar os impostos, beneficiar a sociedade, contribuir para o desenvolvimento social e mercadológico, e claro, promover o exercício da solidariedade.

No ambiente corporativo, é necessário alinhar os pensamentos, direcionar os esforços para realização das metas pré-determinadas, promover integração dos funcionários, a fim de atingir o sucesso dentro e fora do ambiente de trabalho e alcançar a imagem de credibilidade da sociedade.

Para tanto, é preciso encontrar a motivação e o incentivo no ambiente organizacional e estimular a produtividade, gerando resultados mais positivos e lucrativos. Mas o que é motivação? É uma força intrínseca, a ação parte de dentro para fora do indivíduo e não de fora para dentro. Por exemplo, as empresas que reconhecem a produtividade de seus funcionários, como o McDonald´s, que sempre destaca em seu mural o colaborador do mês, ou mesmo através de uma política de reconhecimento, como a da Nagem Distribuição, uma das principais empresas do ramo no país, com programas de interação desenvolvidos na própria empresa e com ações que homenageiam  os  seus profissionais em Dias Especiais.

A preocupação com o bem-estar está vinculada a campanhas motivacionais, à introdução de novas formas de remuneração e de participação nos lucros, à oferta de inovações tecnológicas, entre outras ações. Todas as instituições que tomam estas iniciativas contam com pessoas comprometidas, produtivas e parceiras no negócio da empresa. Existem diversas formas de fazer, e é justamente nas diferenças que encontramos aquele detalhe que faz a distinção no dia-a-dia do colaborador.

Algumas empresas optam por ações com pequenos investimentos, mas que causam efeitos mais pontuais na vida pessoal dos seus colaboradores, como comemoração de aniversários, campanhas de incentivo, celebração em datas especiais como os dias das Crianças e da Secretária. Nestas iniciativas, o funcionário se integra e sente orgulhoso de trabalhar em uma empresa que demonstra se preocupar com a qualidade de vida de todos os envolvidos.              

Outras organizações optam pelo benefício financeiro, com o estímulo de metas de crescimento que se relacionam aos resultados de cada colaborador. A partir disso, premiam aqueles que alcançaram ou superaram as metas e estudam os profissionais que não atingiram este objetivo. Nestes casos, o profissional se sente desafiado e, quando atinge as metas, duplamente recompensado – pessoal e financeiramente. E os que não atingiram? Bom, o jeito estimulante de tratar é buscar uma conversa e identificar porque houve rendimento inferior, criando um plano de ação.

Atualmente percebe-se que um grande número de empresas utilizam enfoque social atrelado à remuneração variável na busca da satisfação dos seus clientes internos, levando em consideração a realidade e cultura de sua organização.

Portanto, o segredo é combinar Motivação e Estímulo. Descobrir os sonhos de uma pessoa pode parecer tarefa impossível, mas não é. Manter esforços para estabelecer vínculos entre a vida profissional e pessoal resulta em um colaborador mais realizado, produtivo e comprometido em valorizar a cultura da busca de excelência. Neste processo de integração ganham os indivíduos, as famílias, a sociedade e as organizações.           Betânia Cabral é gerente de Recursos Humanos Nacional da Nagem Distribuição.

COMENTÁRIOS
Paulo

postado em: 10/03/2014 - 16:56

Mais importante que estímulos é a capacidade humana de absorve-los.
A preparação mental também é muito importante!

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

Num ambiente corporativo é preciso baixo custo e facilidade de implementação de soluções que consolidem as aplicações e atendam aos requisitos dos dados de uma empresa. A Teletex 360º IT solutions, a Cisco, a NetApp e a VMware se uniram para entregar o FlexPod® Express ─ uma única plataforma, prática, simples e convergente para gerenciar toda infraestrutura.

Martin Casado, vice-presidente sênior da Unidade de Negócios de Rede e Segurança da VMware, explica que a tecnologia por trás de redes definidas por software proporciona flexibilidade, agilidade e segurança. Casado expõe que, “costumava pensar que hardware seria a coisa mais difícil de mudar em redes corporativas. Descobriu que as mentalidades e estruturas organizacionais são os maiores obstáculos.” Casado é o criador do NSX, tecnologia disponível no produto SDN da VMware.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U