Tamanho da fonte:-A+A

PT inaugura baixaria eleitoral com poema de Quintana

Janer Cristaldo // quarta, 05/09/2012 04:07

O Mapa

Olho o mapa da cidade
Como quem examinasse
A anatomia de um corpo...
(É nem que fosse meu corpo!)
Sinto uma dor esquisita
Das ruas de Porto Alegre
Onde jamais passarei...
Há tanta esquina esquisita
Tanta nuança de paredes
Há tanta moça bonita
Nas ruas que não andei
(E há uma rua encantada
Que nem em sonhos sonhei...)
Quando eu for, um dia desses,
Poeira ou folha levada
No vento da madrugada,
Serei um pouco do nada
Invisível, delicioso
Que faz com que o teu ar
Pareça mais um olhar
Suave mistério amoroso
Cidade de meu andar
(Deste já tão longo andar!)
E talvez de meu repouso...

 




Se há algo que não entendo, são os partidos que lutam a tapas por segundos no horário eleitoral. A luta é tão ferrenha, que leva um Lula a abraçar seu colega de corrupção Paulo Maluf, em foto nacionalmente divulgada. Não que dois corruptos não se beijem. É que um se corrompia pela direita. O outro pela esquerda. Em nome de uma suposta divergência ideológica, ainda mantinham algum pudor que lhes proibia a confraternização.

Isto eu entendo. Difícil é entender que alguém perca seu tempo vendo propaganda de políticos. E mais ainda: tomando decisões de voto a partir da mentira eleitoral. Se horário eleitoral é baixaria, os limites da baixaria ainda não haviam sido transpostos. Agora foram.

Leio nos jornais que o PT vem inovando no horário eleitoral com a apresentação de poemas de reconhecidos escritores. Declamado por Olívio Dutra, ex-governador do Estado e ex-prefeito da capital, o poema "O Mapa", de Mário Quintana foi apresentado ao final do programa petista.

Coube ao PT gaúcho inaugurar a baixaria. Imaginem se a moda pega. Mais dia menos dia teremos o PSOL citando Fernando Pessoa, o PSTU citando Shakespeare e o PC empunhando o Jota Cristo.

Que outros escritores o PT está utilizando para vender seus peixes podres, não sei. O que leio é que cometeu um crime de lesa-literatura ao declamar Quintana. Que tem a ver o poeta, que morreu pobre e sempre se manteve afastado das imundícies da política, com os projetos mentirosos do PT? Que tem a ver um poema de amor a Porto Alegre como “O Mapa” com as baixarias do mais corrupto partido do país?

Que busquem escritores ou poetas entre os de sua extração. Porto Alegre produziu vários deles. Já falei destes senhores. Como a posteridade nem sempre preserva as obras mais excelsas, reavivo a memória do leitor. Sem ir muito longe, Josué Guimarães, o corajoso escritor que foi a Pequim e Moscou em 52, apenas três anos após a affaire Kravchenko, escreveu um livro sobre a viagem – As Muralhas de Jericó - e nada nos disse sobre os gulags. Pelo contrário, só viu manhãs radiosas para o regime que estava matando russos aos magotes.

Ou Sérgio Faraco, outro valente. Que quase morreu internado em regime de reclusão, numa clínica de reeducação em Moscou, em 64, e só ousou contar suas peripécias em 2002, quando publicou Lágrimas na chuva: uma aventura na URSS. Sua coragem foi um tanto tardia. Só manifestou-se quase meio século após os fastos e treze anos após a queda do Muro.

Olívio Dutra poderia também citar algum trecho de Erico Verissimo, o escritor que perguntou a Faraco se não pensava escrever sobre sua estada na União Soviética. "Respondi que, de fato, tinha essa intenção, embora minha experiência não fosse edificante. Ele ficou pensativo, depois disse que, se era assim, talvez fosse ainda menos edificante narrá-la, enquanto vivíamos, no Brasil, sob uma ditadura militar. Ele tinha razão" - diz Faraco.

Ora, os militares lutavam para que o Brasil não virasse o imenso gulag que o futuro escritor então testemunhara. Em função de um regime que jamais o pôs na prisão, mesmo sendo comunista, Faraco silencia sobre o regime comunista que o internou em um hospital psiquiátrico, mesmo sendo comunista.

Outro escritor citável numa campanha do PT é Moacyr Scliar, que recebeu em Cuba, em 1989 – justo quando o comunismo desmoronova - o prêmio internacional Casa de Las Américas, conferido pela mais antiga ditadura da América Latina. Neste sentido, Scliar fecha com o PT: jamais disse um pio contra a ditadura cubana.

Sem conhecer o horário do partido, pergunto-me se o PT não cita um de seus atuais próceres, o capitão-de-mato e governador Tarso Genro, doublé de poeta e agitprop, cujo estro foi revelado em sua obra semental, Luas em Pés de Barro. Sem ser petista, já publiquei neste blog alguns poemas de sua juventude:

"A vovó Cacilda parecia uma patinha e a vovó Julica elétrica e risonha conversava com lagartos"

"Quanto te esperei e quanto sêmen inútil derramei até o momento"

"Em Cuba planta-se cana"


Olívio Dutra poderia também citar um dos mais clarividentes escritores gaúchos, Antônio Pinheiro Machado Netto, autor de Berlim: Muro da Vergonha ou Muro da Paz?, edição da L&PM, com terna homenagem em suas primeiras páginas a Luiz Carlos Prestes.

Tendo visitado por duas vezes a URSS, a convite do Comitê dos Partidários da Paz na União Soviética, e uma terceira vez a Tchecoeslováquia, pela Assembléia pela Paz e pela Vida, e sentindo-se na obrigação de pagar suas mordomias em alguma moeda — desde que não dólares — nosso turista apressado entoa loas ao muro que durante três décadas constituiu o mais sinistro e desumano marco erigido pelo comunismo russo. Pincemos, cá e lá, alguns trechos desta cretina defesa do totalitarismo. O livro foi editado em 1985, quatro anos antes da queda do Muro, seis anos antes do desmoronamento da União Soviética.

"Hoje não se pode mais falar em reunificação da Alemanha, pura e simplesmente, com fundamento tão somente na língua e história comuns. (...) Não se pode, todavia, afastar a hipótese de, num futuro mais ou menos remoto, vir a ocorrer a unificação (como aconteceu no Vietnã). Esta hipótese, porém, só pode ser considerada se na chamada Alemanha Federal — RFA — passar a existir também um regime socialista.

"Uma das maiores bobagens veiculadas no Brasil sobre o Muro de Berlim é que ele foi erguido para evitar as fugas de alemães da RDA para a parte oeste de Berlim. Esta asneira é veiculada até por pessoas que gozam de alguma credibilidade no Brasil, e por órgãos de comunicação, que se apresentam como veículos fiéis à verdade.

"Todos os epítetos lançados contra o muro — afronta à liberdade, vergonha, etc., etc. — escondem apenas o ressentimento e a frustração dos fazedores de guerra que, naquela linha de fronteira, viam o começo da terceira guerra mundial por que tanto sonham, e para cujo deflagrar tudo fazem, com vistas a salvar o capitalismo da crise irreversível em que está mergulhado.

"É natural que na RDA e nos demais países socialistas a tendência seja a diminuição do índice de criminalidade, de vez que as infrações penais que têm origem na miséria, numa vida difícil e atormentada, com dificuldades econômicas e financeiras, tendem a desaparecer por completo nos países socialistas, e muito particularmente na RDA.

"Mas, decorridas quatro décadas, essa mesma Alemanha Ocidental — eis a grande verdade — não resolveu problemas vitais do povo alemão que vive na região ocidental. Mais do que isso. Hoje a República Federal da Alemanha — RFA- , como todo mundo capitalista, é um país atormentado por uma crise de vastas proporções, crise política, econômica, social e moral.

"A realidade alemã ocidental hoje reflete a crise que avassala o sistema capitalista. Na RFA a situação social também vem se agravando. Progressivamente aumenta a pobreza. Os sindicatos da RFA estão prevendo que até 1990 cerca de 100 mil pessoas perderão seus empregos, atualmente, por força da automação. Afora, evidentemente, o desemprego resultante da crise do capitalismo que existe na RFA e em todo o ocidente capitalista, e que vai continuar.

"Os meios de comunicação de massa do Ocidente já “decretaram” que nos países socialistas não há liberdade para os cidadãos e que, especialmente, inexiste liberdade de imprensa. Também “decretaram” que os direitos humanos não são respeitados no mundo socialista. Daqui cinco anos (ou seja, 1990, parêntese meu), na RDA, não haverá mais desconforto habitacional — todas as famílias terão sua casa".


Porque Olívio não cita homens com tal tirocínio? Há uma longa linhagem de pensadores de esquerda em Porto Alegre que o PT pode utilizar em seu proselitismo. Poetas, jornalistas e ensaístas gaúchos, da mesma extração petista, é o que não falta ao partido para citar em seus programas.

Deixem em paz o poeta do Alegrete, que nada tem a ver com política e muito menos com a politicagem do PT. Quintana era homem honesto. Pessoas honestas não têm relações com o PT. Se têm, é porque não são honestas.

 

 


 

Janer Cristaldo
Cristaldo é jornalista, escritor e tradutor e vive em São Paulo.
COMENTÁRIOS
Dr.House

postado em: 05/09/2012 - 11:02

Muros...muralhas... obras tentadoras para impedirem a entrada de indesejáveis, ou a saída de esperançosos por se livrarem de um “socialismo real e científico”. Assim ocorreu com castelos, a muralha da China, o muro de Berlim e, mais recentemente, na fronteira dos EUA com o México e entre Israel e o Líbano. Por motivos os mais “brilhantes”, essas obras são recicladas ao sabor das circunstâncias.
Mas, o Dr. não deveria se surpreender com mais essa do PT, pois se trata de um partido que tudo pode. Tornou-se, inclusive, o mais poderoso partido de todo o continente sulamericano e co-fundador do Foro de São Paulo com um só objetivo: permanecer indefinidamente no poder, algo que, no íntimo, qualquer um gostaria se lá chegasse, mas é incapaz de revelar.
Veja a criatividade (ou falta dela) de candidatos realmente populares: http://g1.globo.com/se/sergipe/eleicoes/2012/noticia/2012/09/chapolin-batman-e-robin-sao-adversarios-na-eleicao-em-aracaju.html
Tem muita gente do PMDB, PSDB, PSL, PR, PP, PRTB e PMN disposta a um lugar ao sol. Pergunto-me como Pelé teve a ousadia e cara de pau de dizer que o povo não sabe votar.
Enquanto isso você indaga: “Porque Olívio não cita homens com tal tirocínio?” Simples, meu caro. Nenhum petista de bom senso usaria uma composição de protesto de Chico Buarque, por exemplo, porque aquelas letras também servem como luva para as “tenebrosas transações” do PT. Já pensou um candidato petista usando "Depois dos temporais" (http://letras.mus.br/ivan-lins/79147/), de Ivan Lins, não dizendo que o amor é o seu país, mas orgulhosamente exibindo a tal foto do Lula com Maluf? Pois é...
Aliás, aguardemos como será o fim da novela do mensalão com Zé Dirceu. Acha mesmo que o ministro Ricardo Lewandowski - que já foi implacável com um pescador de camarões (http://www.tribunadaimprensa.com.br/?p=46031) também será rigoroso com o bom companheiro treinado em Cuba e que mudou de cara pelo menos duas vezes? Aguardemos sem grande ansiedade, por favor.

Janer

postado em: 05/09/2012 - 15:08

"Co-fundador do Foro de São Paulo com um só objetivo: permanecer indefinidamente no poder, algo que, no íntimo, qualquer um gostaria se lá chegasse, mas é incapaz de revelar".

A meu ver, você está superestimando o convescote das esquerdas latinas. s esquerdas sempre se reuniram desde que existem e não há nada de extraordinário em tal encontro.

O grande divulgador no Brasil do Foro de São Paulo é o Aiatolavo de Carvalho, que precisa de inimigos imaginários para dar sustentação às suas sandices.

Que o Lewandowski vote pela absolvição do Zé Dirceu, isto é o esperado. O ministro já disse ao que veio. Vamos ver como se comportam os demais. O problema é que condenar o Zé chega muito perto do capo di tutti i capi. E não sei se o STF terá coragem para tanto.

Heitor

postado em: 05/09/2012 - 13:28

Rá! Consegui uns links antes do Napoleão!
Com Chuck Norris do nosso lado, agora derrotaremos o Comunismo!!
http://advivo.com.br/blog/luisnassif/chuck-norris-e-os-evangelicos-contra-obama
http://www.pidjin.net/2012/09/05/no-country-for-poor-men/

Dr.House

postado em: 05/09/2012 - 15:53

Claro que sei que sempre houve encontros, congressos etc das esquerdas. Mas, as atas do Foro de São Paulo foram, inclusive, retiradas do site oficial logo após divulgação de seu conteúdo, não apenas pelo seu desafeto e o Dr., que é muito bem informado, sabe disso. O que será que continham que causou tamanho rebuliço a ponto de "sumirem"? Basta conferir seu conteúdo. Está tudo muito bem explícito. Além disso a frase que destacou foi propositadamente cortada. Trata-se apenas de uma constatação. Ou o Dr.acha que o PT tem mesmo o propósito de deixar o poder para ceder ao tal revezamento democrático? Ora, não dizem que time que está ganhando não se mexe? Pois então. Se por eleições livres e diretas o povão em peso elege petistas, o que deve-se fazer além de se respeitar tamanha e sábia decisão?

Dr.House

postado em: 05/09/2012 - 17:00

Retifico: "o que SE deve fazer...".

janercristaldo

postado em: 05/09/2012 - 20:50

Ora, toda reunião de clube sempre tem ata. Alguma bandeira se precisa ter. Não estão aí os PSOLs, PSTUs e PCs da vida ainda sonhando com a revolução comunista? Uma coisa é sonho, outra é factibilidade. Os comunistas eram muito mais agressivos nos anos 60, 70. Hoje, se contentam com convescotes. Não fossem os esforços do Aiatolavo,o Foro mal seria conhecido. Gramsci também. O maior divulgador de Gramsci no Brasil é o astrólogo.

Quanto ao mais, todo partido sonha eternizar-se no poder. O problema é que o PT não tem escrúpulo algum para chegar lá. Se o povão elege o PT,como bons democratas só nos resta dizer amém. Não antes de mandar o povão ao lugar que merece.

Dr.House

postado em: 06/09/2012 - 15:19

É verdade. Todos têm ata. Acontece, porém, que quando seu conteúdo sequer é sonhado pela maioria incauta, depois não há o que reclamar, perguntando, por exemplo, por que a imprensa jamais divulgou uma reles notícia do conteúdo de encontros tão inocentes, certo? Por isso é importante que seja feita uma leitura atenta e minuciosa para se constatar os reais objetivos de tais clubinhos. Vários daqueles rapidamente estão sendo concretizados e num caminho praticamente sem volta.
Quanto ao fato de comunistas terem sido mais agressivos nas décadas de 60 e 70 : 1o.) o Dr.está focando, talvez, apenas as ações terroristas, tais como sequestros, assaltos etc; 2o.) a partir de uma releitura de Gramsci e do mea culpa das esquerdas a estratégia mudou. Inclusive, o próprio Gramsci em momento algum prega o abandono da luta armada propriamente dita. Ele apenas dá preferência aos "saltos qualitativos", "ocupação de espaços" etc. Nem ele, nem qualquer outro comunista jamais abandonará o emprego da violência revolucionária, se o momento assim o exigir. Prove-me que isso é uma sandice desde Marx, Lenin, Stalin, Mao, Fidel etc e não mais discutirei o assunto. Aliás,o que não falta são declarações de gente importante dentro de vários partidos de esquerda que pregam abertamente tais princípios até hoje.
Engana-se ao afirmar que o ex-astrólogo é quem mais divulga Gramsci no país. É preciso perder algum tempo pesquisando para verificar a quantidade de monografias, teses e blogs de esquerda que enaltecem os ensinamentos do fundador do PC italiano e que estão afinadíssimos com o Foro de São Paulo.
Quanto ao seu último parágrafo: foi apenas repetição do que escrevi em relação ao objetivo de qualquer partido desejar eternizar-se no poder.Aliás, Constituições são mudadas para também ampliar os mandatos presidenciais e para permitir reeleições, dentre outras coisas. Dê uma espiadinha no que vem ocorrendo em nosso continente de tempos pra cá.
Quanto ao povo: sempre foi e continuará sendo ludibriado.

Janer

postado em: 06/09/2012 - 20:29

Só o que faltava a imprensa divulgar os encontros do tal de Foro. Seria algo como divulgar os encontros das congregações marianas do continente. Que mais não seja, existe o Mídia sem Máscara para divulgá-las.

Quanto a Gramsci, de fato há muita bibliografia. São de décadas passadas, quando não se podia defender tese nas "Humana" sem citar um teórico marxista. Hoje, só há dois alucinados falando em Gramsci: o Aiatolavo e o recórter tucanopapista hidrófobo da Veja. Não por acaso, os dois foram comunistas quando mais jovens e mais idiotas. Hoje se punem como xiitas fustigando as costas com correntes, para purgar o passado infame.

Dr.House

postado em: 07/09/2012 - 00:28

Sua comparação não foi muito feliz, mas prossigamos. A imprensa realmente não divulgou sobre o que se tratava o Foro. Ao contrário, silenciou-se obsequiosamente. Se o tivesse feito, talvez, despertasse mais curiosidade e atenção dos desavisados. Quando uma diminuta parte dela o fez, houve imediata reação das esquerdas daqui, negando, inclusive, a existência de tal Foro. A seguir, rapidamente eliminou de seu site as tais singelas e inocentes atas como se fossem registros de assembleias condominiais. Quem estava atento, entretanto, pode salvá-las em arquivo e imediatamente replicá-las em diversos sites e blogs. Só muitos danos depois teve graúdo do PT que acabou admitindo com a cara mais deslavada. Um dos polêmicos jornalistas “bem informados” foi Arnaldo Jabor que resolveu falar com mais de uma década de atraso da parceria com as FARC (http://www.youtube.com/watch?v=exuF7V_cRCE&playnext=1&list=PLADC0A07A6011A775&feature=results_main ). Depois vieram outros, dentre eles o “imortal” Merval Pereira (http://www.youtube.com/watch?v=2iLrn38u8M0 ). Está tudo no Youtube para que uns e outros não pensem que seja mais um delírio, uma odiosa, e implicante falácia esquizofrênica de preconceituosos e míopes que veem fantasmas vermelhos por todo lado.

Creio que o Dr. esteja um tanto quanto desatento ao que realmente se passa no atual meio universitário e editorial, do contrário não afirmaria tal coisa sobre a bibliografia de Gramsci. Ele tornou-se o xodó sempre obrigatório dos neomarxistas amantes da revolução cultural e estrutural. Ao contrário do que imagina, não só os citados "alucinados" se dedicam ao tema. Uma pequena amostra para não estendermos mais o assunto:
http://www.unicamp.br/unicamp/eventos/2012/08/27/gramscieducador ;
http://maltez.info/aaanetnovabiografia/Conceitos/Neomarxismo.htm ;
http://www.ifch.unicamp.br/formulario_cemarx/selecao/2012/trabalhos/6130_Del%20Roio_Marcos.pdf ;
http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=177460 ;
http://seer.ufrgs.br/debates/article/view/12420 ;
http://grabois.org.br/portal/revista.int.php?id_sessao=9&id_publicacao=422&id_indice=2358 ;
http://www.acessa.com/gramsci/?page=visualizar&id=1408 ;
http://www.acessa.com/gramsci/?page=visualizar&id=1248 ;
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-32892012000200004 ;
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0101-73302010000200012 ;
http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Gest%C3%A3o-Democr%C3%A1tica-Cultura-Pol%C3%ADtica-e-Educa%C3%A7%C3%A3o/134921.html ;
http://www.radarciencia.org/Record/o-partido-como-agente-educativo-em-gramsci/UserComments ;
http://www.acessa.com/gramsci/?page=visualizar&id=1138 ;
http://grabois.org.br/portal/noticia.php?id_sessao=54&id_noticia=7575 .
Como costuma dizer um conterrâneo seu: “Sigamos o baile e a crítica imparcial”.

Janer

postado em: 07/09/2012 - 13:53

Last but not least: ex-astrólogo desde quando? Que eu saiba, Aiatolavo é ex-comunista, mas jamais ex-astrólogo. Jamais vi qualquer pronunciamento seu renunciando à astrologia nem a seus livros sobre astrologia. Pelo contrário, o astrólogo insiste em salientar a importância de seu antigo ganha-pão:

Porto do Céu - Como a Astrologia contribuiu para a sua formação?

Olavo de Carvalho - Muito. Não existe possibilidade alguma de entendimento de qualquer civilização antiga sem o conhecimento da Astrologia. O modelo de visão do mundo baseado nos ciclos planetários e nas esferas esteve em vigor durante milênios e isto continua a estar, de certo modo, no "inconsciente" das pessoas. Apesar de algumas deficiências no modelo astrológico, foi ele quem estruturou a humanidade pelo menos a partir do império egípcio-babilônico, o que significa, no mínimo, cinco mil anos de história. A Astrologia é um elemento obrigatório, por isto quem não a estudou, não estudou nada, é um analfabeto, um estúpido. O trabalho mais vigoroso nas ciências humanas do século XX, por exemplo, só aconteceu depois da existência do Instituto Warburg, fundado em Londres por um milionário judeu fugido da Alemanha, que juntou, durante 20 anos, as melhores cabeças do século em torno de uma coleção de manuscritos astrológicos e alquímicos. Sem este estudo, a comunidade acadêmica nunca teria qualquer possibilidade de compreensão real das civilizações antigas.

Porto do Céu - Como foi que o Sr. entrou em contato com a Astrologia?

Olavo de Carvalho - Foi uma casualidade. O Dr. Müller contratou-me na época em que eu trabalhava no Jornal da Tarde para redigir um curso de psicologia baseado em astrologia, já que era argentino e não dominava muito bem o português. Depois destas aulas, um mundo sem limites se abriu para mim.


Porto do Céu - Qual é a sua relação com a Astrologia hoje?

Olavo de Carvalho - O meu acerto de contas com a astrologia foi o curso "Astrocaracterologia", uma espécie de conclusão que tirei dos meus vinte anos de estudo e que fechou a minha contribuição para o assunto. Eu equacionei a Astrocaracterologia de tal modo que, para avançar de onde parei, só mesmo a pesquisa experimental. Para se formar uma ciência, é preciso levantar uma série de conceitos; destes conceitos, tirar hipóteses; das hipóteses, um método e dos métodos, as pesquisas. A parte teórica eu pude concluir, mas daí para frente, a Astrocaracterologia deixou de ser problema teórico para ser de investigação científica. Eu não tenho condições de dar continuidade a estas pesquisas porque precisaria de tempo, gente e dinheiro. Voltar a mexer neste assunto só me deixaria desesperado, porque eu não poderia realizar as investigações necessárias para responder as questões que levantei.

Dr.House

postado em: 05/09/2012 - 16:57

Acha mesmo que as atas do Foro de São Paulo são apenas um delírio da preocupadíssima direita "raivosa"? Leia com atenção suas poéticas intenções em:
http://forodesaopaulo.org/ ;
http://www.averdadesufocada.com/index.php?option=com_content&task=view&id=1538&Itemid=102

Se desejar, curta com um chrrasco e chimarrão:
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/lula-manda-carta-ao-foro-de-sao-paulo-que-fundou-junto-com-fidel-castro-e-as-farc/

Valter Pomar não deveria plantar batatas?
http://blogs.estadao.com.br/radar-politico/2010/08/18/as-farc-nunca-participaram-do-foro-de-sao-paulo-diz-valter-pomar/;
http://valterpomar.blogspot.com.br/2011/11/foro-de-sao-paulo-ata-da-reuniao-do-gt.html

Exemplos de quem se preocupa à toa:
http://www.youtube.com/watch?v=kJ8aBiFBU4M&feature=related;
http://www.youtube.com/watch?v=MpxFpc7pHmU;
http://www.youtube.com/watch?v=kDtUbdOLjDg;

Quanto ao STF chegar ao verdadeiro chefão, esqueça. Isso foi abortado em tentativas anteriores. Não fica bem para o processo revolucionário que algo assim ocorra, colocando em risco tudo o que está sendo investido.Imagens costumam dizer mais que palavras:
http://www.youtube.com/watch?v=j-iakge3U3s ;
http://www.youtube.com/watch?v=8ad0wpwMGUI&feature=related ;
http://www.youtube.com/watch?v=7rYBn5skqkg&feature=related ;
http://www.youtube.com/watch?v=QLoH9sQu9UE&feature=related

deseja saber o motivo técnico da não-inclusão de Lula no processo?
http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/mensalao-atencao-torcida-do-pt-o-supremo-nao-absolveu-lula-nao-a-decisao-de-nao-inclui-lo-no-processo-teve-carater-tecnico-veja-por-que/

Marcio Rotier

postado em: 05/09/2012 - 22:09

Não entendo essa antipatia do Janer com o Olavo já que os dois são comunofóbicos de carteirinha (tá bom, o Janer é um pouco menos doido porque não acredita estar sendo pessoalmente perseguido). Vai ver é competição pelo mesmo nicho!!
http://www.baguete.com.br/colunistas/colunas/31/janer-cristaldo/25/01/2012/verissimo-se-alegra-com-naufragio-do-concordia

Janer

postado em: 06/09/2012 - 13:27

Não basta ser anticomunista para ser honesto. Ou você pretende conferir honestidade a um astrólogo?

Marcio Rotier

postado em: 06/09/2012 - 14:59

Leia antes com atenção de quem foi o comentário.

Ismael

postado em: 06/09/2012 - 11:33

Essa é para os admiradores paranóico-anti-comunistas que vem cheios de "links reveladores":

Folha de São Paulo fazendo campanha forte, chega a sacrificar potencial de vendas de edições para ajudar candidato amigo:

http://mariafro.com/2012/09/06/folhice-folha-esconde-lula-ao-lado-de-patrus-na-versao-mineira-do-jornal/

Dr.House

postado em: 06/09/2012 - 15:26

"Vamos ver o que pensa o outro lado? O Sr, FHC, em conversa com Cristóvam Buarque (quando ainda era do PT, hoje estar no PDT... E isso não muda nada por que ambos são membros do Foro de São Paulo) diz que não existe diferença ideológica ou programática separando PT e PSDB, mas pura e simplesmente disputa por poder. Nessa mesma época o Sr. Cristovam afirmava em entrevista à revista Comunicação & Política que reconhecia os avanços do governo do PSDB, admitia as dificuldades do PT de empreender mudanças e acenava com a possibilidade de uma futura aliança entre o PT e o PSDB. O Sr. FHC, respondendo, dizia que já havia pensado na possibilidade de PT e PSDB estarem lado a lado, mas considerava a hipótese pouco provável por conta da disputa pela hegemonia política no país: "É porque nós não discutimos nem disputamos ideologia, é poder, é quem comanda".
http://regis-dias.blogspot.com.br/2012/03/diferenca-entre-o-pt-e-o-psdb-ou-o-saco.html

Dr.House

postado em: 06/09/2012 - 16:03

Malditas mídias!
"Revista alemã publica 160 mil capas diferentes para a mesma edição".
http://portal.comunique-se.com.br/index.php/editorias/3-imprensa-a-comunicacao-/57217-revista-alema-publica-160-mil-capas-diferentes-para-a-mesma-edicao.html
"Pois algo cada vez mais notável no front dessa acirrada guerra editorial por corações e mentes são as revistas brasileiras que estão usando e abusando, no melhor sentido do termo, da multiplicação dos pães, quer dizer, das capas, para arrebanhar cada vez mais fiéis, ou melhor, leitores. São as revistas lançadas com uma, duas, três, quatro ou até mais capas diferentes, divididas pela tiragem de uma única e mesma edição.(...)"Mas não pode ser algo gratuito, tem que haver uma justificativa para fazer isso naquele mês", alerta Leo Belling, gerente de marketing e projetos especiais da Rolling Stone brasileira (Editora Spring), que em pouco mais de três anos de vida já usou a estratégia três vezes, todas em 2009. E, pelo menos nas duas primeiras, obteve recorde de venda no ano, com aumentos de mais de 17% e 21%. "Os temas das capas ajudaram muito nisso. Não foi só o fato de ter duas".
http://portaldacomunicacao.uol.com.br/graficas-livros/35/artigo201112-1.asp;
"A edição 1353 da Revista PLACAR já foi para a gráfica. Nas bancas em abril, a publicação terá três capas diferentes: uma para o Rio de Janeiro, uma para o Rio Grande do Sul e outra para São Paulo e o resto do Brasil".
http://placar.abril.com.br/internacional/bolatti/noticias/em-abril-placar-tera-tres-capas-diferentes.html;
"A denúncia é que um exemplar, com o mesmo número e data, foi distribuído em Espírito Santo do Turvo sem constar um edital de convocação de concurso público para contratação de professores na rede municipal de ensino.
O vereador suspeita de fraude. O jornal publica vários editais da prefeitura de Ipaussu, mas no lote que circulou na região não consta o edital de convocação. Numa segunda edição, que teria circulado só em Ipaussu, consta o edital que informa a data do concurso".
http://www2.uol.com.br/debate/1294/regiao/regiao07.htm;
"Olhando nas bancas percebi uma tendência nas revistas de criar capas diferentes para a mesma edição - quem não lembra daquela capa múltipla da revista Superinteressante ou mesmo das três capas da revista Serrote".
http://blogcasmurros.blogspot.com.br/2011/08/capa-fetiche.html ;
"Depois de Gisele ter feito 4 capas diferentes para a mesma edição da Revista Vogue agora e a vez da Revista Elle que, em outubro, contará com 4 modelos diferentes, uma em cada capa, também na mesma edição, a linda Adriana Lima, Miranda Kerr, Chanel Iman e Doutzen Kroes".
http://www.jmonline.com.br/novo/?colunas,76,PRI+BORGES+RG,12/09/2011 ;
Qual capa da Playboy de Cleo Pires você prefere?
http://entretenimento.r7.com/famosos-e-tv/enquetes/qual-capa-da-playboy-de-cleo-pires-voce-prefere-.html ;
Há também "estranhas coincidências":
http://www.brunogoncalves.com.br/palavra-chave/jornalismo/ ;

Katia Veríssimo

postado em: 06/09/2012 - 17:05

Considero muito interessante o parágrafo final escrito por Leonardo Severo, do tal link que gentilmente o sr. enviou, principalmente a frase “É sempre bom ver para crer”. E isso me faz lembrar como foi realmente magnífico e inesquecível vermos Lula apertando a mão do “demônio” Maluf, com um farto sorriso. E pensar que anos antes o próprio Lula disse poucas e boas sobre o filho do mascate( “O símbolo da pouca-vergonha nacional está dizendo que quer ser presidente da República. Daremos a nossa própria vida para impedir que Paulo Maluf seja presidente"), sem saber que viriam se tornar amigos para sempre. Pena que, segundo Erundina, Maluf foi (bem) pago para se aliar com o Doutor Honoris causa.
Ah! Como política é linda e saudável! Adoro votar, principalmente em candidatos que sempre defendem a moral e a ética! Não vejo a hora de estar diante de uma insuspeita urna eletrônica!

James Wilson

postado em: 07/09/2012 - 13:34

Muita calma nessa hora, galera. A candidata Suelen Rocha em questão não é do PT, mas do PT do B.Prestem muita atenção na promessa da "Mulher Pêra":"Aqui a foto prometida com os 50 mil seguidores. Agora, se eleita for, mostro meu piercing íntimo... me ajudem".
http://fotos.noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2012/09/05/veja-fotos-da-suellem-rocha-mais-conhecida-como-mulher-pera.htm?fotoNavId=pr8756807#fotoNavId=pr8755700
Não é a cara do nosso povo? :)

Roxana

postado em: 13/09/2012 - 13:49

Acredito que o horário eleitoral deve ser usado para que os candidatos expressem seus projetos e só para isso. Poemas, suas opiniões pessoais (e agressões) ao partido contrário, realmente não servem para nada e só demonstram sua falta de preparo para assumir nossa representação. Quem hoje em dia perde tempo assistindo a palhaçada que se tornou o horário eleitoral?

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

Num ambiente corporativo é preciso baixo custo e facilidade de implementação de soluções que consolidem as aplicações e atendam aos requisitos dos dados de uma empresa. A Teletex 360º IT solutions, a Cisco, a NetApp e a VMware se uniram para entregar o FlexPod® Express ─ uma única plataforma, prática, simples e convergente para gerenciar toda infraestrutura.

Martin Casado, vice-presidente sênior da Unidade de Negócios de Rede e Segurança da VMware, explica que a tecnologia por trás de redes definidas por software proporciona flexibilidade, agilidade e segurança. Casado expõe que, “costumava pensar que hardware seria a coisa mais difícil de mudar em redes corporativas. Descobriu que as mentalidades e estruturas organizacionais são os maiores obstáculos.” Casado é o criador do NSX, tecnologia disponível no produto SDN da VMware.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U