Tamanho da fonte:-A+A

Seletividade

Sílvia Somenzi // sexta, 04/12/2009 10:22

Você é seletivo?

No seu conceito mais amplo a seletividade é o ato de se realizar uma escolha ou seleção de forma criteriosa e fundamentada, onde “ser seletivo”, define às suas próprias condições e percepções sobre como interagir, com quem interagir e de que forma se mantém as interações com o quê lhe cerca.

Quando se observa o ato ou efeito das escolhas ou seleções de uma pessoa e a qualifica como seletiva, percebe-se o peso, a importância, os tipos de relacionamentos e a condução das relações de negócios.

Da mesma forma quando se qualifica uma pessoa como não seletiva é como se para esta não houvesse critérios para as suas ações e decisões onde somente o momento importa ou até nada pareça importar tanto assim, portanto, esta é percebida geralmente como despreparada e em processo de amadurecimento.

Saber escolher significa permitir-se avaliar e as opções de caminhos que se tem a seguir e definir-se por algum destes (ou até alguns...), sempre mantendo a coerência entre o que você acredita e expressa, com a sua atitude, a sua ação, efetivamente.

Muito importante lembrar que seletividade não lhe dá o direito de agir de forma preconceituosa ou desrespeitosa, e que em hipótese alguma você pode fazer o que bem entender passando sobre tudo e todos, desconsiderando o que quer que seja.

Existe sim o livre arbítrio que permite as pessoas escolherem, mas o que não é permitido é se esquecer que os outros também têm direito às próprias escolhas e este é um limite de civilidade que precisa e deve ser devidamente respeitado e considerado.

A sua liberdade de escolha é um caminho que tem o seu fim no inicio da escolha do outro.

Quando alguém lhe questiona se você é seletivo, é porque busca saber o que o faz decidir, os seus motivos, os seus critérios, o seu entendimento sobre os relacionamentos de negócios, enfim, tudo que lhe faz definir pesos e medidas que afetam diretamente as suas decisões.

Quando você se pergunta se é seletivo é porque questiona o seu próprio processo decisório e precisa entender-se com muita profundidade, o que pode ocasionar uma reavaliação da forma como você conduz as suas interaçoes e relações de negócios.

A seletividade está relacionada com o amadurecimento que possibilita compreender que os processos de negócio são seletivos, e que os critérios ou escolhas que são realizados são pertinentes aos contextos que se está envolvido.

Dificilmente você verá àqueles que acham ser “o gás da Coca-Cola” se mantendo em relações de negócios sérias e efetivas, por muito tempo, porque estes respondem e definem-se a partir de critérios de uma suposta exclusividade que acreditam estar incluídos e na verdade sentem-se superiores, acima dos outros, o que logo se demonstrará não ser verdade.

A seletividade não é superioridade, mas a composição das suas escolhas a partir de suas crenças e ações, que não significam ser melhores que as dos outros, mas que significam serem suas.

Quando você perceber que alguém participa de algo que você considera exclusivo, especial ou mesmo gostaria de estar naquela posição, pergunte-se o que é que faz a pessoa estar participando daquilo, enxergue as atitudes que a fazem ser parte de algo especial e principalmente, entenda que fazer parte de algo assim é merecimento.

As suas relações de negócio refletem o quanto você é seletivo, não porque escolhe o que considera como melhores clientes, melhores fornecedores, melhores pessoas, melhores empresas ou melhores relacionamentos de negócios, mas porque você escolhe o que é correto.

Esta é a verdade sobre a seletividade.

Escolha ser correto e seja seletivo por isso.

 

 

Sílvia Somenzi
Diretora Presidente da Soluzzione Expansão de Negócios, empresa de Consultoria, Gestão e Marketing de Relacionamento.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

Num ambiente corporativo é preciso baixo custo e facilidade de implementação de soluções que consolidem as aplicações e atendam aos requisitos dos dados de uma empresa. A Teletex 360º IT solutions, a Cisco, a NetApp e a VMware se uniram para entregar o FlexPod® Express ─ uma única plataforma, prática, simples e convergente para gerenciar toda infraestrutura.

Recentemente, a VMware lançou o Horizon 6, uma suíte que entrega aplicativos publicados e desktops virtuais através de uma única interface. É uma nova plataforma, que reúne uma série de tecnologias e ferramentas onde os administradores de TI poderão provisionar aplicativos e desktops remotamente nos usuários finais através de single sign-on, além de facilitar a verificação de toda a infraestrutura virtual proporcionando uma gestão mais simples.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U