Tamanho da fonte:-A+A

Consideração

Sílvia Somenzi // segunda, 12/03/2007 08:58

A consideração é uma espécie de reconhecimento que as pessoas tem em relação a você e que você tem em relação aos outros.

O ato de se ter consideração por alguém significa que você reconhece no outro a virtude, o esforço, a dedicação e mesmo que não tenha retorno da mesma forma, entende que é importante deixar claro que compreende isso na pessoa.

É interessante perceber que por mais desgastados que estejam alguns valores hoje em dia, o que talvez tenha maior espaço na mente das pessoas é distinguir quem se considera e quem lhe considera.

É como se você pudesse elencar àqueles com quem pode contar e que podem contar com você em uma relação de total reciprocidade. Porque considerar tem a ver com confiança, com apoio e com segurança.

A confiança em saber que a pessoa não lhe julga, mas enxerga você como um ser humano.

O apoio para as circunstâncias que você vive porque entende que as conquistas e as vicissitudes acontecem e sempre precisam de alguma palavra amiga para lhe parabenizar ou dar uma "força".

A segurança de poder errar e mesmo assim saber que a pessoa estará lá para lhe ajudar a enxergar o erro e também para abrir o caminho com você para a mudança.

Consideração é isso, é reconhecer.

No mundo dos negócios, a consideração é um tesouro.
Não é todo mundo que tem consideração pelos outros, porque não é apenas uma questão de valores pessoais, pois é um mundo muito competitivo.

Cruzar a linha é muito fácil, em especial quando não há vantagens ou ganhos em retorno. É nesta hora que você percebe e entende quem tem consideração.

Respeitar o ser que você é e que apesar de você estar em um ambiente profissional, saber enxergar que você é uma pessoa, merece toda a sua consideração.
 
Então, a consideração é demonstrada nas atitudes.
A atitude de entender, de contextualizar, de ouvir, de falar, de avaliar, de investigar e de perceber que as pessoas estão juntas nas ações; isto é consideração.

Nunca se esqueça que você também tem de fazer a sua parte.
Muito fácil esperar dos outros, mas na verdade o que importa é você ter consideração pelos outros, assim o caminho da reciprocidade se abre a sua frente. 

Mesmo nas situações mais adversas, nunca deixe de considerar os outros. Pense nos outros, como se fosse você. Assim você consegue entender e medir o que você  fizer.

Os seus valores como pessoa devem sempre falar mais alto. Nunca o contrário.

Recear isto é bobagem. Ninguém vai muito longe agindo sem consideração, porque não vem de dentro.

Mas o melhor a saber é que algumas decisões são tão importantes no processo de crescimento que podem significar sofrer ou crescer.

Saiba que os caminhos de grande sucesso são àqueles que valem pelas pessoas.

Decida fazer valer o seu. Saiba considerar.

Sílvia Somenzi
Diretora Presidente da Soluzzione Expansão de Negócios, empresa de Consultoria, Gestão e Marketing de Relacionamento.
COMENTÁRIOS
NELMA

postado em: 21/08/2008 - 10:10

ESTA DE PARABÉNS QUEM ESCREVEU ESTE TEXTO...
SEMPRE PROCUREI COISAS SOB CONSIDERAÇÃO...E NUNCA CONSEGUI ENCONTAR NADA DO TIPO, POIS ACHO ISSO MUITO IMPORTANTE EM NÓS COMO SERES HUMANOS...
POIS A CONSIDERAÇÃO NOS VALORIZA E FAZ NÓS VALORIZARMOS AS PESSOAS.

ABRAÇOS, NELMA FARIA

K@úll@

postado em: 10/10/2008 - 01:37

Nunca pensei que fosse encontrar uma mensagem tão coerente e sensata desta forma, muito boa mesmo!!!;)

Mariana

postado em: 29/10/2008 - 12:30

Muito bem pontuado este texto, parabenizo quem o fez!

=D

Anderson

postado em: 06/02/2009 - 11:39

Muito bem explicado!!! Parabéns pelo seu Português claro......Que Deus Abençoe Todos.......Abras....

sueli martins silva

postado em: 17/02/2009 - 15:15

enviei parte deste texto a uma pessoa amiga para tentar faze-lo entender o significado desta palavra em relação a uma amizade.

valeu muito bom

postado em: 12/05/2009 - 12:55

Não concordo com este trecho: "A confiança em saber que a pessoa não lhe julga, mas enxerga você como um ser humano." Sabendo que "julgar" significa "emitir uma opinião, após a avaliação de uma situação", não vejo como emitir uma opinião após avaliar os fatos possa ser o oposto de "ver alguém como um ser humano".
E não entendi esse trecho: "Os seus valores como pessoa devem sempre falar mais alto. Nunca o contrário." O que seria "o contrário" neste contexto? Os valores não falarem mais alto? Ou a falta de valores falar mais alto? Há uma sutil diferença que não ficou clara.
Fora isso, o texto está muito bom, as idéias são ótimas!! :)

Sílvia Somenzi

postado em: 12/05/2009 - 19:58

Prezado(a) Má,

Quando exponho sobre "a confiança de que a pessoa não lhe julga" significa que a pessoa que tem consideração pelas outras entende antes os contextos, as circunstâncias, as motivações e até mesmo a situação dos outros e busca apoiar e colaborar com os outros para resolver o que quer que seja, ao invés de simplesmente "atacar" com um julgamento considerando apenas o seu ponto de vista, que pode ser unilateral e limitar absurdamente.

Se a pessoa não pensa nos outros e não se coloca no lugar dos outros, nunca os entenderá, pois só tem olhos e opiniões que satisfaçam o seu próprio "umbigo".

Quando exponho sobre os "valores pessoais falarem mais alto e não o contrário" é que a pessoa não deve se deixar seduzir para falta de valores sólidos, pelo que for simplesmente o caminho mais fácil passando por cima de tudo, inclusive dos próprios valores, que no conceito são positivos e com foco em fazer o bem comum.

Considerar é se importar com os outros.

Espero ter colaborado.

Um abraço, Sílvia Somenzi.

Lúcia S.

postado em: 27/09/2009 - 15:17

Oi Silvia, gostei muito do texto! Eu também acho muito importante termos consideração por quem merece, mas no mundo de hoje que é competitivo se o chefe tem mais considerção por outra pessoa e menos que você só por "gosto" ,porque foi com a cara da pessoa sabendo que você se esforça e faz muito mais, isso gera uma revolta muito grande.É o que acontece no meu caso, não da vontade mais de fazer as coisas, da um desânimo imenso e vontade de cair fora.O que você acha Silvia?

Sílvia Somenzi

postado em: 28/09/2009 - 10:20

Lúcia, tudo bem?

Penso que há alguns caminhos que se pode seguir e que podem trazer resultados surpreendentes:

AÇÃO 1
 Converse com o seu chefe e solicite feedback sobre o seu trabalho e se na visão dele, vc está atendendo as expectativas e se poderia atuar de forma diferente da que está atuando, sempre com o foco em fazer melhor.

Objetivo da AÇÃO 1
 Ouça o que seu chefe tem a dizer, sem “emoção” e sem se posicionar concordando ou discordando e nem tão pouco expondo que fulano ou sicrano são mais consdesirados que vc, pois você precisa entender como ele percebe o seu trabalho, e assim você poderá refletir com mais informação.
Importante vc se manter ouvindo nesta conversa, pois provavelmente já obterá algumas respostas que procura.

AÇÃO 2
 Reflita sobre a sua conversa com o seu chefe e busque rever cada frase da conversa, em até uns dias após a conversa com ele, sempre com o foco para entender o quão próxima ou distante está a sua percepção sobre o seu trabalho e a do seu chefe sobre o seu trabalho.
Trace um paralelo para identificar o que difere nas percepções de vcs. Lembre-se que não é uma questão de quem está certo ou errado, mas de como você pode resolver o seu contexto atual construindo melhores resultados para vc mesma.

Objetivo da AÇÃO 2
 Gerar a sua reflexão e o seu entendimento de porque as coisas estão da forma como vc as percebe hoje ou se são diferentes. Vc deve se concentrar na sua relação com a empresa que atua e com a sua chefia e não dos outros com a chefia, pois somente vc pode resolver as suas questões.

AÇÃO 3
 Converse novamente com seu chefe e repasse feedback de suas reflexões, sobre os entendimentos que teve e sobre os itens que percebe que poderiam ser melhores ou as mudanças que devem ocorrer. É muito importante vc demonstrar que efetivamente refletiu sobre o que este lhe disse e que vc busca uma mudança para melhorar profissionalmente, assim vc assume uma posição de colaboração e não de cobrança em relação aos outros.

Objetivo da AÇÃO 3
 Abrir espaço para a troca e para a reciprocidade e estabelecer mudanças para melhorar. Lembre-se sempre que vc atua em uma empresa, que a empresa possui uma missão e tem seus objetivos estratégicos e é preciso entender muito bem isso, pois vc precisa entender como o seu perfil se encaixa na empresa e com a gestão. Uma coisa nunca se separa da outra.

AÇÃO 4
 Dê um tempo para que as mudanças ocorram e colabore com as mudnaças, pois nada acontece de um dia para o outro. Assim vc pode avaliar e perceber que vc é um agente de mudança de seu próprio caminho.


Objetivo da AÇÃO 4
 Gerar a mudança e ajustes para que o trabalho traga satisfação para todos, e manter a paciência para que as coisas aconteçam com tempo adequado.


CONCLUINDO:
Caso vc ainda perceba que o seu perfil não se encaixa na empresa e na forma como ela atua; então pode estar na hora de buscar outra oportunidade.
Caso vc perceba que é possível pensar diferente, ter um canal de diálogo e ajustar o que é preciso para melhorar, mantenha o seu caminho e busque o foco em manter e crescer a sua relação com a empresa.

Espero ter colaborado,
Um abraço, Silvia Somenzi.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

A TELETEX 360º IT solutions foi reconhecida como o melhor parceiro WMware da Região Sul do Brasil, no , realizado entre os dias 3 e 5 de abril em Itapeva - MG. Parabéns a toda Equipe Teletex e aos nossos clientes por mais esse merecido reconhecimento.

Mais uma conquista alcançada. Hoje a TELETEX 360º IT solutions foi reconhecida como o melhor canal da América Latina no segmento Commercial – Mercado Privado, no Cisco Partner Summit 2014, que acontece entre os dias 24 e 27 de março em Las Vegas, NV, EUA. Parabéns Equipe Teletex – Mercado Privado e aos nossos clientes que também fizeram parte dessa conquista.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U