Baguete
InícioNotícias> Hansen, ex-Totvs, está na Linx

Tamanho da fonte:-A+A

TROCA

Hansen, ex-Totvs, está na Linx

Maurício Renner // terça, 07/06/2016 10:04

Gilsinei Hansen, ex-vice presidente de Sistemas e Segmentos da Totvs, acaba de ser contratado para assumir a gestão da área de P&D da Linx.

Gilsinei Hansen.

O executivo substitui Nercio José Monteiro Fernandes, um dos responsáveis pela fundação da Linx em 1985, que agora será exclusivamente presidente do conselho de administração da companhia brasileira de sistemas de gestão para varejo.

Hansen fez carreira na Totvs e na Datasul. O executivo era diretor de vendas e marketing da Tech Solutions, uma companhia de serviços de terceirização de gerenciamento de TI, desenvolvimento de aplicativos, além de suporte e manutenção de frameworks da Datasul, adquirido pela companhia catarinense em 2008.

Com a aquisição, Hansen passou a ser gerente de desenvolvimento de negócios na Datasul, onde ficou responsável pela coordenação das fusões e aquisições capitaneadas pela companhia.

O profissional permaneceu na posição até a própria Datasul ser comprada pela Totvs, quando Hansen passou a ser diretor de Gestão de Segmentos da Totvs, liderando a oferta em segmentos como Agroindustria, Saúde, Educacional, Distribuição & Logísitica, Manufatura, Jurídico.

Depois, em outubro de 2009, assumiu a diretoria de negócios Software, onde liderou a definição dos modelos de negócio da companhia, naquele então dando o início à migração para a nuvem e a adoção do modelo de vendas como serviço.

O executivo é formado em Administração de Empresas, com MBA em Marketing e Comunicação e Engenharia de Produção. 

Hansen tem um perfil mais de negócios e menos de tecnologia do que se costuma encontrar em profissionais à frente do P&D de organizações. Mas talvez seja justamente isso que a Linx procura nesse momento.

A Linx não foi afetada pela crise até o momento: a empresa encerrou o primeiro trimestre com receita operacional bruta de R$ 136,1 milhões, incremento de 16,1% em relação ao mesmo período de 2015.

O maior desafio, no entanto, pode saber a melhor forma de organizar internamente todas as aquisições feitas nos últimos anos: foram nada menos que 19 desde 2008, em ramos tão diferentes como lojas, farmácias e postos de gasolina.

As duas últimas, meses atrás, sinalizavam novos rumos. Foram compradas a catarinense Chaordic e a amazonense Neemu, duas companhias novas que são destaques no mercado brasileiro de  personalização para e-commerce.

A Linx, que nasceu focada no varejo de roupas, está executando um processo de consolidação de mercado que só tem equivalente no setor de tecnologia Brasil na própria Totvs.

CONTRATAÇÔES

A Totvs vem perdendo executivos de alto escalão, em meio a uma transição no modelo de negócios para software como serviços que tem sangrado o crescimento da empresa.

Em março, a saída foi de Marília Rocca, vice-presidente de serviços e de cloud computing da provedora, responsável pela estratégia do produto Fluig.

Em janeiro, Rodrigo Kede, contratado poucos meses antes para ser uma espécie de co-CEO da empresa, decidiu regressar para a IBM. 

Já a Linx vem trazendo executivos de mercado experientes para reforçar a operação há algum tempo. Em dezembro, contratou Leandro Barankiewicz, ex-CEO da Unear, companhia de São Paulo especializada em CRM.

Barankiewicz fez carreira em grandes empresas como a SAP, onde VP de Vendas e Oracle, onde foi diretor de vendas para contas estratégicas da Oracle.

A empresa vem trazendo profissionais de mercado como o COO Jean Carlo Klaumann, vindo da Totvs em 2011; o CMO Flavio Menezes, vindo da Rede em 2009.

Maurício Renner