Baguete
InícioNotícias> Softex leva startups para Londres

Tamanho da fonte:-A+A

TECHNOLOGY WEEK

Softex leva startups para Londres

Júlia Merker
// segunda, 08/06/2015 11:14

A Softex promove de 15 a 19 de junho uma missão internacional para Londres, levando cinco startups integrantes do Programa Start-Up Brasil para participar da London Technology Week. Estarão na viagem as startups Emotion.me, Virtual Avionics, Sistema Hiper, MaxMilhas e Convenia.

A Softex vai levar 5 startups para Londres. Foto: PHOTOCREO Michal Bednarek/Shutterstock.

As empresas foram escolhidas a partir de um edital realizado no mês de maio pela Softex e que, no processo de seleção, levou em consideração o estágio mais avançado do negócio e  seu potencial de internacionalização no futuro.

Realizado pela primeira vez no ano passado, o evento inclui desde grandes conferências internacionais até oficinas, reuniões com investidores e agenda customizada para cada startup. Em 2014, mais de 40 mil pessoas de mais de 40 países participaram dos 203 eventos.

“Essa missão é uma iniciativa do projeto de internacionalização que estamos desenhando para startups. Em Londres, nosso objetivo é apresentá-las ao mercado do Reino Unido, a novos modelos de negócios e metodologias, bem como a novas formas de acesso ao capital”, explica Ney Leal, vice-presidente executivo da Softex.

Rodrigo Silveira irá representar a Convenia, plataforma de gestão de recursos humanos da qual é co-fundador. Entre 2007 e 2012, ele atuou na UM Investimentos.

A Maxmilhas, plataforma para intermediação da compra e venda de passagens aéreas emitidas por milhas, terá Max Oliveira, CEO, na missão.  De 2010 a 2013, ele fez parte da equipe da Vale, onde foi trainee e engenheiro de Melhoria Operacional.

A Emotion.me, central on-line para organização de casamentos, será representada por sua fundadora e CEO, Bruna Bittencourt. Ela já atuou em empresas como Gaia Creative, que atua com inteligência coletiva e gestão do conhecimento; e Inifinity Spaces, focada em desenvolvimento de espaços corporativos e residenciais.

Tiago Vailati, CEO e co-fundador, irá participar do evento pela Sistema Hiper, sistema de ponto de venda para gestão de lojas de varejo (POS SaaS). Antes de fundar a startup, ficou 11 anos na Havan, em que foi coordenador de Sistemas.

A Virtual Avionics, que projeta e desenvolve equipamentos e sistemas profissionais para simulação de voo, será representada por Amauri Sousa, CEO. Antes, ele passou quase 10 anos na Motorola, atuando como Program Manager (PMP) e Product Marketing Manager.

Na agenda das startups, além da participação em palestras, estão programadas reuniões com especialistas em legislação, incentivos fiscais e impostos para orientação sobre como investir e abrir um negócio no Reino Unido; apresentações; sessões sobre acesso ao capital e pitch para potenciais investidores; e encontros com players locais.

A participação das startups brasileiras na London Technology Week está sendo realizada pela Softex e conta com o apoio do MCTI, da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e da Beats Brasil.

O Start-Up Brasil, Programa Nacional de Aceleração de Startups, é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) com gestão operacional da Softex, que assumiu o programa, lançado em 2012, em outubro do ano passado.

O programa funciona por edições, com duração de um ano, e realiza duas chamadas públicas, uma para qualificar e habilitar aceleradoras e outra para a seleção de projetos startups, com duas rodadas semestrais.

Júlia Merker