Baguete
InícioNotícias> IBM: Big Blue agora é Big Rainbow

Tamanho da fonte:-A+A

DIVERSIDADE

IBM: Big Blue agora é Big Rainbow

Maurício Renner
// segunda, 09/01/2017 14:49

A IBM apresentou uma versão com as cores do arco-íris do seu icônico logotipo azul, criado em 1972.

Logo da IBM versão arco-íris.

O logotipo colorido será utilizado em programas de inclusão da companhia, para espelhar "o compromisso contínuo com os direitos da comunidade LGBT", segundo anúncio oficial.

As cores adotadas são as mesmas 8 cores da bandeira rainbow desenhada pelo artista Gilbert Baker para ser um símbolo do movimento pelos direitos gay no final dos anos 70.

"A IBM tem orgulho de seu compromisso de longa data em estimular a diversidade, aceitação e inclusão. Nos opomos fortemente contra a discriminação de qualquer tipo e contra qualquer pessoa", explica em nota a Chief Diversity Officer da IBM, Lindsay-Rae McIntyre.

O texto celebra o pioneirismo da IBM em iniciativas relacionadas com o tema de igualdade, começando com salários iguais para homens e mulheres na década de 30 e a decisão de oferecer benefícios a parceiros de funcionários gays há 20 anos.

As gigantes de TI tem colocado o tema de inclusão e diversidade como um dos pontos centrais das suas agendas de responsabilidade social corporativa. 

Em 2015, por exemplo a Parada Gay de São Francisco teve representações organizadas de empregados da Salesforce, LinkedIn, Google, Facebook, Dropbox, Yahoo, Uber, Twitter e Apple.

No mesmo ano, 70 altos executivos de empresas de TI americanas assinaram uma carta aberta pedindo ao governo americano para aumentar as proteções legais para a população LGBT no país, após o estado de Indiana aprovar uma lei que permite a estabelecimentos comerciais negarem serviço a homossexuais por motivos religiosos.

Assinaram o documento nomes como Marc Benioff (Salesforce), Dick Costolo (Twitter), John Donahoe (Ebay), Charles Phillips (Infor), Satya Nadella (Microsoft) e Gary Moore (Cisco). 

O argumento das empresas de TI por pressionar por leis garantindo direitos iguais para os gays é que elas favorecem a atração de talentos. 

Maurício Renner