Baguete
InícioNotícias> Banco Votorantim investe em startups

Tamanho da fonte:-A+A

FUNDO BR STARTUPS

Banco Votorantim investe em startups

Júlia Merker // terça, 11/10/2016 16:22

O Banco Votorantim vai investir no Fundo BR Startups, criado pela Microsoft Participações e gerido pela MSW Capital. 

O Banco Votorantim vai investir no Fundo BR Startups. Foto: Carlos Augusto Magalhães.

A seleção para a nova rodada de investimentos, focada em fintechs, terá recursos de R$ 250 mil a R$ 1,5 milhão por startup. As inscrições para o programa vão até o dia 11 de novembro. 

Para participar é necessário ter pelo menos dois sócios (CEO e CTO) e ser uma startup brasileira com faturamento anual entre R$ 120 mil e R$ 10 milhões.

O BR Startups já conta com investidores como a própria Microsoft Participações, a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), a ES Ventures e a Monsanto, que investiu recentemente em Agritechs (startups voltadas para o agronegócio).

O foco de investimento do BR Startups são empresas de áreas como sistemas na nuvem, educação, agronegócio, produtividade industrial, mobilidade, smart cities, energia limpa, saúde, internet das coisas e segurança pública. Com a entrada do Banco Votorantim, o fundo fortalece a busca por empresas do setor de finanças.

“Queremos parcerias com startups que tragam novidades impactantes para o nosso setor. Nosso objetivo é auxiliá-las não apenas financeiramente, mas também na estruturação e desenho de seus negócios. Entendemos que existe uma grande sinergia e capacidade de geração de valor entre o mundo bancário tradicional e as fintechs”, afirma Gabriel Ferreira, diretor de estratégia, planejamento e negócios de varejo do Banco Votorantim.

As startups investidas pelo Fundo contam com uma rede de parceiros que contribuem com o seu desenvolvimento em diversas frentes: mentoria em áreas estratégicas, apoio operacional e tecnológico, espaço físico, business networking e apoio financeiro.  

O Banco Votorantim atuará na mentoria em gestão financeira e administrativa das empresas investidas.

“As instituições financeiras de grande porte buscam, cada vez mais, a inovação de fora para dentro como solução eficaz para avançar em novos mercados e aprimorar a resposta aos seus clientes. Ao investir no Fundo BR Startups, o Banco Votorantim se coloca como parceiro ativo das fintechs, transferindo para elas conhecimento e cultura empreendedora”, afirma Moises Swirski, gestor do Fundo BR Startups.

O Banco Votorantim é um dos maiores bancos brasileiros em ativos. Sua base de acionistas é formada por uma parceria entre o Banco do Brasil (que detém 89% do total) e o Grupo Votorantim. 

Fundado em 1988 como uma distribuidora de valores mobiliários (DTVM), o Banco Votorantim passou a operar como banco múltiplo a partir de 1991. Em 2015, o banco registrou um lucro líquido de R$ 482 milhões.

Júlia Merker