InícioNotícias> Oracle: relatório avalia impacto do Big Data

Tamanho da fonte:-A+A

SMART GRIDS

Oracle: relatório avalia impacto do Big Data

Leandro Souza // segunda, 20/08/2012 13:44

A Oracle anunciou os resultados do relatório da pesquisa “Big Data, Bigger Opportunities: Plans and Preparedness for the Data Deluge”, que entrevistou 151 executivos norte-americanos de nível sênior de empresas de serviços públicos, que usam programas de medição inteligente (smart grid) para avaliar as percepções sobre o impacto do big data nos negócios.

No relatório foi avaliado o quanto as empresas estão preparadas para lidar com o crescimento dos dados e os planos para extrair o valor comercial dos dados a fim de melhorar a definição do público e o atendimento aos clientes.

As implementações de smart grids têm aumentado exponencialmente o volume de dados. As empresas de serviços públicos que participaram da pesquisa tiveram um aumento de 180 vezes na coleta de dados de medição, além do acesso a novos tipos de informações.

O relatório "Big Data, Bigger Opportunities" é o primeiro da série "Utility Transformations” da Oracle, que fará uma análise de como as empresas do setor de serviços públicos usam as informações geradas pelas implementações de smart grids e impulsionam a eficiência organizacional, oferecem serviços mais confiáveis e fortalecem os relacionamentos com os clientes.

DESCOBERTAS

As empresas de serviços públicos que utilizam programas de medição inteligente estão relativamente preparadas para administrar o enorme fluxo de dados, determinando a si mesmas uma pontuação de 6,7 em uma escala de 1 a 10.

Mas 45% dos entrevistados ainda encontram dificuldades em compartilhar informações aos gerentes comerciais com a rapidez necessária e 50% deles afirmam que perderam oportunidades de oferecer informações úteis aos clientes.

Os medidores inteligentes fornecem um volume de informações cruciais aos negócios, como dados sobre falta de energia (78%), tensão (73%), adulterações (63%) e diagnósticos (56%), que podem ajudar a melhorar as operações e a satisfação dos clientes.

O setor de serviços públicos precisa aprimorar sua capacidade de traduzir as informações em inteligência prática e aproveitar os dados para a tomada de decisões estratégicas. Está é uma das três prioridades, segundo 66% dos entrevistados.

Sistemas de gestão de dados de medição (MDM, na sigla em inglês) podem ajudar neste processo.

Big Data é a próxima corrida do ouro, dizem especialistas. Foto: flickr.com/photos/marius.

Esta é a opinião de 70% dos participantes da pesquisa que já têm um sistema MDM em operação e estão prontos para administrar a entrada de dados, ao contrário de 51% dos participantes que não possuem esse tipo de sistema.

Nos próximos cinco anos, as organizações de serviços públicos planejam otimizar os dados das smart grids para aprimorar o atendimento por meio de esforços, como programas de reação à demanda, previsão de demandas, conformidade normativa e minimização de cortes no abastecimento.

“As implementações de smart grids estão criando um aumento exponencial no volume de dados das empresas de serviços públicos, ao mesmo tempo que oferecem acesso às informações como nunca existiu antes”, disse Rodger Smith, VP sênior e diretor geral da Oracle Utilities.

BIG DATA

Mesmo que o relatório aponte a questão do Big Data entre os empresários, a preocupação com o aumento e otimização de fluxo de dados ainda não faz parte da agenda de boa parte dos empresários.

Em pesquisa recente realizada pela Teradata em meio a empresários norteamericanos, 42% dos inquiridos não estão familiarizados com as tecnologias de alta performance para grandes fluxos de dados.

Segundo a pesquisa, eles percebem a importância de analisar e colher percepções de interações sociais que acontecem em tempo real, mas são incapazes de indicar um período em que eles vão implementar uma solução para fazê-lo.

Jim Goodnight, presidente da SAS, em lançamento da solução High-Performance Analytics (HPA) no Brasil, ressaltou a importância do Big Data.

“É uma nova corrida do ouro, onde o ganhador será aquele que souber tirar maior proveito desse grande volume de informações", afirmou.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

Num ambiente corporativo é preciso baixo custo e facilidade de implementação de soluções que consolidem as aplicações e atendam aos requisitos dos dados de uma empresa. A Teletex 360º IT solutions, a Cisco, a NetApp e a VMware se uniram para entregar o FlexPod® Express ─ uma única plataforma, prática, simples e convergente para gerenciar toda infraestrutura.

Recentemente, a VMware lançou o Horizon 6, uma suíte que entrega aplicativos publicados e desktops virtuais através de uma única interface. É uma nova plataforma, que reúne uma série de tecnologias e ferramentas onde os administradores de TI poderão provisionar aplicativos e desktops remotamente nos usuários finais através de single sign-on, além de facilitar a verificação de toda a infraestrutura virtual proporcionando uma gestão mais simples.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U