InícioNotícias> TIM entra na TV por assinatura com Sky

Tamanho da fonte:-A+A

TIM entra na TV por assinatura com Sky

Guilherme Neves // terça, 06/12/2011 13:59

Graças a acordo com a Sky, aTIM entra agora no segmento de TV por assinatura. O início da oferta comercial está prevista para o primeiro trimestre de 2012.


O anúncio foi feito pelo presidente da TIM Fiber, Rogério Takanayagi. A ideia é reunir o conhecimento da Sky na radiodifusão com a capacidade da tele na oferta de serviços como banda larga ultrarrápida e telefonia.

Sem parceria não dá
“Não estávamos nesse mercado porque avaliamos que as teles que entraram não tiveram o conhecimento necessário para alavancar os negócios na área. Por isso, buscamos um parceiro com expertise”, afirmou Takanayagi.

A TIM Fiber vem da AES Atimus, comprada em julho por R$ 1,6 bilhão pela TIM.

Com uma rede de fibras espalhada por Rio de Janeiro e São Paulo, totalizando 21 cidades, a TIM, chega com infraestrutura pronta para a oferta, inicialmente restrita aos mercados de SP e RJ.

Meta ousada
Expectativa da tele é chegar a 1 milhão de novos usuários até 2016, com uma receita estimada em R$ 1 bilhão. Até 2014, o ganho de sinergias deverá chegar a R$ 5 bilhões, acrescenta Takanayagi.

Além da Sky, deve entrar na parceria a Netflix, distribuidora de filmes via Internet que recém-desembarcou no mercado brasileiro.

Competição
Hoje, segundo dados da Anatel, a NET é a maior empresa de TV por assinatura do Brasil, com 38,44% do mercado. A Sky é a segunda colocada, com 29,05% de participação, seguida pela Embratel (16,52%).

GVT também tem TV
Outra empresa que já entrou no mercado é a GVT, que anunciou em setembro sua oferta, fruto de um investimento de R$ 650 milhões, para levar o serviço às 16 maiores cidades do Brasil.

Batizado de GVT TV,  o serviço vai usar uma combinação de duas tecnologias: programação via satélite (DTH) e opções de interatividade via IPTV (sigla para TV sobre protocolo de internet).

Uma dessas funções interativas será a possibilidade de o telespectador programar remotamente, por meio da internet ou do celular, a gravação de programas.

Além disso, a empresa tem uma oferta combinada de serviços de telefonia fixa, banda larga e TV, como já fazem as grandes empresas do setor, como a NET. A GVT também pretende explorar novas oportunidades na economia digital, com atuação em atividades como portais e comércio eletrônico.

Executivos da GVT já afirmaram que sua meta é bater a NET em dois anos.

Em outubro, diz a Anatel, o mercado de TV por assinatura chegou a 12,16 milhões de assinantes. Isso significa que de cada cem domicílios, 20,3 possuem o serviço.

Considerando-se o número médio de pessoas por domicílio divulgado pelo IBGE (3,3 pessoas), os serviços de TV por assinatura são distribuídos, atualmente, para mais de 40,1 milhões de brasileiros.

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
Teletex

Num ambiente corporativo é preciso baixo custo e facilidade de implementação de soluções que consolidem as aplicações e atendam aos requisitos dos dados de uma empresa. A Teletex 360º IT solutions, a Cisco, a NetApp e a VMware se uniram para entregar o FlexPod® Express ─ uma única plataforma, prática, simples e convergente para gerenciar toda infraestrutura.

Recentemente, a VMware lançou o Horizon 6, uma suíte que entrega aplicativos publicados e desktops virtuais através de uma única interface. É uma nova plataforma, que reúne uma série de tecnologias e ferramentas onde os administradores de TI poderão provisionar aplicativos e desktops remotamente nos usuários finais através de single sign-on, além de facilitar a verificação de toda a infraestrutura virtual proporcionando uma gestão mais simples.

Teletex
Teletex - Site Teletex - Facebook Teletex - Blog Box2U