Dunga explica a Forlán as funcionalidades do Google Apps. Foto: Alexandre Lops/Inter.

O Internacional adotou a plataforma Google Apps for Business com consultoria da Ilegra.

Ao todo, foram migradas 320 contas, que agora tem acesso a serviço de e-mail, ferramenta de mensagens instantâneas, videoconferências, calendário, rede social interna, repositório de documentos, aplicação web para construção de sites, entre outras.

Em nota, a Ilegra não revelou os custos da migração, mas a assinatura anual do Google Apps sai por US$ 65 anuais, pelo que o custo total para o Inter deve ficar na faixa dos R$ 41,6 mil por ano.

“Já conhecíamos a ferramenta e todas as suas potencialidades desde 2008. Porém, precisávamos de um canal de apoio para realizar a migração”, afirma Lauro Strazzabosco Dorneles, diretor de TI do clube gaúcho.

A Ilegra treinou 120 colaboradores da insituição no uso da plataforma. O clube começou a usar anúncios Ad Sense no seu site em 2009.

Um dos benefícios imediatos para o Inter é uma maior agilidade no projeto Gigante para Sempre, dentro do qual serão investidos R$ 330 milhões na reforma do Beira Rio, com obras conduzidas pela Andrade Gutierrez.

Para Carla Faustini Ritter, gerente de projetos da Copa, a possibilidade de acessar as informações de qualquer lugar e através de qualquer dispositivo vem facilitando o trabalho das equipes.

Outros pontos positivos ressaltados são os compartilhamentos de documentos e agendas, tudo isto somado a um baixo custo de manutenção e a inexistência de custo com servidores e sistemas operacionais.

O uso do Google Apps pode ser ampliado inclusive para fora das portas do clube, atingindo os 112 mil sócios colorados, que poderiam ter e-mails com o domínio inter.com.br, por exemplo.

“Existe um projeto para que isto se torne realidade, tanto que já garantimos o registro de dois domínios que posteriormente serão utilizados. Porém ainda estamos em fase de maturação”, afirma Dorneles, sem dar maiores detalhes.

Não há informações oficiais nesse sentido, mas é fácil supor que agora o Grêmio pensa conferir os preços do Office 365.