TIM puxando fibra em novos trechos no país. Foto: divulgação.

A TIM divulgou nesta quinta-feira a expansão de sua rede de fibra óptica no Brasil, com novos trechos para aumentar sua capacidade de atendimento de banda larga aos clientes. Em nota, a operadora divulgou que investiu cerca de R$ 500 milhões nesta ampliação de rede.

Em nota, a operadora destacou que foram criadas duas novas rotas de fibra óptica. O trecho Belém-Brasília, recém-ativado, conta com 2,5 mil quilômetros e passa pelo Maranhão, Pará, Tocantins e Goiás, ligando cidades importantes do interior, como Palmas, Marabá e Imperatriz.

A rota Belém-Manaus, que está em fase de construção, faz parte do consórcio LT Amazonas e terá cabos em linhas de transmissão e subestações de energia ao longo de 27 municípios nos estados do Amazonas, Pará e Amapá.

Segundo a TIM, o projeto trará benefícios para toda a região Norte, reforçando a infraestrutura para serviços de tecnologia móvel e banda larga, com alta disponibilidade e aumentando cem vezes a capacidade de transmissão de voz e dados na região.

De acordo com a operadora, esse projeto tornará as conexões quase 5 mil vezes mais rápidas que as atualmente disponíveis no Norte, trocando satélites por cabos. O novo trecho será ativado no início do segundo semestre de 2013.

MODERNIZANDO

A TIM também divulgou que está modernizando o backbone entre Belo Horizonte e Salvador, instalando uma rede WDM 100G - a primeira da América Latina - no trecho.

Conforme a operadora, a nova tecnologia já está ativa e aumentará em 50% a capacidade instalada de tráfego de voz e dados, multiplicando a capacidade de ampliação do sistema em 16 vezes.

A solução supera limitações técnicas e viabiliza a transmissão de sinais 100G em longas distâncias. Até então os canais não passam de 40G.

Este projeto será expandido para outros trechos durante este ano de 2013.