Fundo Agrofip busca soluções inovadoras para o agronegócio. Foto: Pexels.

A Start You Up se uniu a um um grupo de empresas capixabas para lançar o Agrofip. O fundo busca soluções inovadoras para o agronegócio em áreas como logística, gestão, internet das coisas, big data, biotech, água, carbono e sustentabilidade.

Os parceiros envolvidos no projeto junto com a Start You Up são Casa do Adubo, Grupo Pianna, Royse Law Firm e Coopttech.

O objetivo do projeto é investir até R$ 25 milhões durante os próximos cinco anos. 

“O Brasil tem grandes centros de pesquisa e desenvolvimento ligados a instituições acadêmicas que precisam de investimento para ganhar escala global. São negócios como estes, com uma clara vantagem competitiva e um time empreendedor de alto nível, que buscamos”, comenta Tiago Sarlo, diretor da Start You Up.

A proposta do fundo é investir em ao menos 10 startups durante o ano de 2017, com aportes que podem variar de R$ 250 mil a R$ 2 milhões.

“O Agrofip está com o radar ligado para captar negócios inovadores, com alta escalabilidade e com presença em setores com grande potencial ainda pouco explorados no agronegócio. A expertise da Start You Up tanto na escolha da melhores startups quanto na consultoria às selecionadas é um grande trunfo do projeto”, comenta Sarlo.

Além do aporte financeiro, o Agrofip promoverá para as empresas selecionadas uma série de atividades como workshops, palestras, consultorias e mentorias específicas a cada negócio.

O principal objetivo do aporte financeiro é proporcionar um rápido crescimento para alcançar novos degraus de investimentos - Venture Capital - além da possibilidade de internacionalização e importação ou exportação de tecnologias.

As empresas interessadas devem se inscrever no site do Agrofip.

Fundada em Vitória no ano de 2010, a Start You Up passou a atuar no ano passado com  programas de aceleração por verticais a partir de parcerias como corporações.

Há cerca de seis meses a aceleradora firmou o primeiro acordo da nova fase e se uniu à Geocontrol para buscar até 5 startups ligadas a mobilidade urbana.