Telefônica e Huawei estão testando a CloudEPC no laboratório da operadora em Madrid. Foto: Divulgação.

A Telefônica anunciou um acordo com a Huawei na área de ambientes virtuais. As empresa construindo uma rede Evolved Packet Core virtual (vEPC), uma estrutura para fornecer convergência de voz e dados em redes 4G (LTE).

A rede vEPC abrangerá onze países da América Latina: Brasil, Argentina, Uruguai, México, Colômbia, Peru, Panamá, Costa Rica, Nicarágua, El Salvador e Guatemala. O acordo ainda inclui dois países da Europa: Alemanha e Espanha.

Para lidar com o crescimento do tráfego, a Telefónica busca tecnologias de virtualização para ganhar flexibilidade. 

A solução vEPC da Huawei, chamada de CloudEPC, permite construir redes ágeis com rápida escala para atender às demandas de novos serviços, reduzir custos de produção, suportar a implantação mais rápida de serviços e alocar dinamicamente recursos virtuais.

Como resultado, o vEPC permite atender casos de uso diversos, que incluem serviços tradicionais centrados no cliente, IoT/M2M, MVNO, LTE privada e Mobile-Edge Computing. 

Telefônica e Huawei estão testando conjuntamente o desempenho da Huawei CloudEPC no laboratório de NFV (Network Function Virtualization) da operadora, em Madrid. 

As companhias trabalham na integração da solução CloudEPC com a plataforma de infra-estrutura UNICA da Telefónica, que permitirá a automatização das implantações da vEPC e da gestão do ciclo de vida dentro das redes da Telefônica.

"A Huawei é um fornecedor confiável de EPC e um parceiro estratégico que colabora em muitas áreas da NFV. Esta implantação em grande escala da rede vEPC é mais um passo dentro do programa de virtualização da Telefônica UNICA. Esses resultados proporcionam a confiança necessária para continuar com a adoção e implantação de soluções virtualizadas", afirma Javier Gavilán, diretor de planejamento e  tecnologia da Telefônica.