Denis Chamas, gerente de inovação e transformação da Philip Morris Brasil. Foto: divulgação.

A Philip Morris Brasil, multinacional produtora de tabaco e seus derivados, anunciou a promoção de Denis Chamas para o cargo de gerente de inovação e transformação da companhia.

Chamas está na empresa desde 2018 e também atua como professor na Miami Ad School, além de comandar a Rad Lab, startup focada em pesquisa de maturidade tecnológica e cognição.

Antes de ingressar na PMB, o executivo era gerente de transformação digital na Unilever. Nos seus mais de 14 anos de carreira, também passou pelas empresas Fbiz, R/GA, Wunderman Thompson, Cisco, Aunica e VirtualNet.

O profissional é mestre em tecnologias de inteligência e design digital pela PUC-SP, além de ser certificado em inovação radical pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e especializado em futurismo pelo Institute for the Future.

No novo cargo, Chamas deve contribuir com a área de pessoas e cultura, para acelerar em todo território nacional a adoção de novas formas de trabalho, conexão com ecossistemas de inovação e dar suporte à transformação digital em curso.

O novo gerente também terá a missão de fortalecer o trabalho dos squads, que utilizam o framework ágil. 

Segundo a companhia, a adoção dessas equipes vem crescendo, com nove times ativos — reunindo pessoas das áreas de finanças, vendas, tecnologia da informação e logística. Cada um dos grupos atua em temas específicos, como análise de dados, e-commerce e logística.

Fundada em 1847 em Nova Iorque, a Philip Morris International (PMI) está presente em mais de 180 países e faturou US$ 79,82 bilhões em 2018. No Brasil, a companhia está presente há mais de 45 anos.