RUMOS

Prosegur procura startups de criptomoedas

01/02/2021 12:30

Gigante de carros fortes quer oferecer segurança também no meio digital.

Prosegur no mundo analógico. Foto: Divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Prosegur, conhecido por transportar dinheiro em carros fortes, abriu um concurso visando entrar em um novo nicho de mercado: proteção de criptomoedas.

A empresa lançou o novo concurso que irá financiar os vencedores com €30 mil, para reforçar a segurança do mercado de criptomoedas e promover o desenvolvimento de novas soluções tecnológicas. 

O desafio, que estará aberto a inscrições até 8 de fevereiro, recebe startups nacionais e internacionais com um protótipo funcional, direcionado exclusivamente ao mercado B2B.  

Os projetos selecionados poderão desenvolver colaboração com especialistas do Prosegur, utilizando os equipamentos e infraestruturas da companhia.

“Esse novo desafio tecnológico é mais um exemplo do nosso empenho na inovação e no reforço de um setor pioneiro que exige soluções reais e confiáveis em termos de segurança”, afirma Raimundo Castilla, CEO da Prosegur Crypto, empresa de gestão de ativos digitais da Prosegur.

O mercado potencial para soluções como o Prosegur Crypto é enorme: de acordo com informações do site CoinGecko, a capitalização de mercado de todos os criptoativos atingiu no início deste ano US$ 1 trilhão, algo que só chegou perto de acontecer há quatro anos, quando atingiu quase US$ 800 bilhões.

A Prosegur tem buscado melhorar sua posição na área fazendo compras, inclusive no Brasil. Em 2018, a empresa assinou um acordo para adquirir participação majoritária na Cipher, uma das maiores empresas brasileiras do segmento de cibersegurança.

A Prosegur Tech Ventures, fundo de investimento do grupo associado ao concurso, fez um aporte de R$12 milhões na fintech brasileira Concil no mesmo ano.

Mesmo assim, a Prosegur viveu seu momento em casa de ferreiro o espeto é de pau no final de 2019, quando um ataque com o ransomware Ryuk levou à restrição de todos os acessos às suas redes de comunicação global como medida preventiva.

Veja também

COMPLIANCE
South System: segurança com Netfive

Empresa atende grandes organizações do setor financeiro, com regras rígidas.

EQUIPE
É hora de dimensionar seu time de segurança

Ataques cibernéticos estão explodindo. O time da sua empresa está bem dimensionado?

CONTRATAÇÃO
Ypê tem novo head de segurança da informação

Paulo Yukio Watanabe Junior já atuou em empresas como Boa Vista SCPC, Ambev e Braskem.

REPAGINADA
Soprano investe R$ 4 milhões em infra e segurança

Projetos realizados em 2020 incluíram soluções da Pure Storage, Dell e Veeam.

CONTRATAÇÃO
Andréa Thomé assume cibersegurança da Everis

Na nova empresa, a executiva terá o desafio de estruturar a área no Brasil.

BOA AÇÃO
Evento beneficente traz temas de segurança da informação

Ingresso para o encontro virtual vai ajudar na compra de um medicamento que custa R$ 12 milhões.

SEGURANÇA
Oito passos para os CISOs se alinharem ao negócio

Profissionais se focam no significado técnico das métricas de risco, o que é um problema na conversa.

CONTRATAÇÃO
Yaman tem novo head de cibersegurança

Alexandre Morelli vem da Everis, onde gerenciou a mesma área nos últimos 11 anos.

PRÊMIO
Brasileiros vencem concurso global de cibersegurança

Paulo e Pedro Fabri ganharam US$ 10 mil com jogo voltado à conscientização dos usuários.

CONTROLE
XMobots: segurança na TI com BluePex

Companhia brasileira de drones monitora rede e controla ativos com solução.