Roberto Grosman, novo COO da Descomplica. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Descomplica, startup brasileira de ensino a distância, anunciou a chegada de Roberto Grosman para assumir o cargo de Chief Operating Officer (COO) da companhia.

Grosman era CEO da agência Fbiz, onde atuava há mais de 12 anos. Ao longo de 20 anos de experiência, também trabalhou em empresas como Google e Amazon, além de ter sido co-fundador da Fulano, uma das primeiras startups do Brasil.

O executivo é formado em administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e possui MBA pelo MIT Sloan School of Management de Cambridge, nos Estados Unidos.

Na Descomplica, o novo COO assume as áreas de recursos humanos e novos negócios, que já existem na empresa, e será responsável por criar os pilares de fusões e aquisições (M&A) e de inteligência de negócios.

"Sempre tive uma veia empreendedora e quis voltar para este mundo. Vi muitas oportunidades sendo exacerbadas pela pandemia, em especial no setor de educação digital, uma das indústrias menos digitalizadas e, por isso mesmo, repleta de possibilidades", conta Grosman.

Fundada em 2011, a Descomplica oferece cursos preparatórios para Enem e vestibulares, além de graduação e pós-graduação. Ao todo, a startup conta com 5 milhões de alunos e cerca de 600 colaboradores, além de 100 vagas abertas.

Em fevereiro deste ano, a companhia recebeu uma rodada de investimento de US$ 84,5 milhões co-liderada pela Invus Group e pelo SoftBank.