Foto: agraria.com.br

Tamanho da fonte: -A+A

A Cooperativa Agrária, de Guarapuava, a 252 quilômetros de Curitiba, adotou o Infor10 Enterprise Asset Management (EAM) para gerenciar mais de 11,5 mil equipamentos em suas quatro indústrias cervejeiras.

Até agora, segundo Pedro Cebulski, supervisor de Planejamento e Controle de Manutenção da cooperativa, atividades como controle de custos eram realizadas apenas no Datasul, o que agora se complementa com a integraçaõ do Infor EAM.

Com isso, a aprovação de projetos, por exemplo, foi otimizada de um prazo de até quatro dias para cerca de quatro horas.

O EAM ainda está em implantação, comenta ele.

“Ao final da implementação, esperamos melhorar o planejamento de atividades de manutenção como pedidos de serviços, status de acompanhamento dos pedidos, visando melhor programação de manutenção dos ativos e redução de gastos operacionais”, destaca Cebulski.

Outro plano da cooperativa é implantar o Infor EPAK, que será aplicado ao gerenciamento de documentos de treinamento da organização.

A Agrária é uma cooperativa agroindustrial com 550 agricultores cooperados e 1,2 mil funcionários.

A organização trabalha com cevada cervejeira, soja, milho e trigo, mantendo as unidades industriais de maltaria, moinho de trigo, fábrica de rações e esmagamento de soja.

Além disso, mantém unidades armazenadoras em Guarapuava, Vitória e Pinhão.

O guarda chuva da cooperativa também cobre as coligadas Fundação Agrária de Pesquisa Agrícola (FAPA), Fundação Semmelweis (hospital), Fundação Cultural Suábio-Brasileira e Colégio Imperatriz.

Em 2013, a operação deverá incluir, ainda, uma indústria de processamento de milho.