Juarez Zortea, presidente da TransUnion no Brasil. Foto: Divulgação.

A TransUnion, companhia global de soluções de informação presente no Brasil desde 2012, firmou um acordo para apoiar o programa de aceleração da Darwin Startups, baseado em Santa Catarina.

O objetivo da empresa é incentivar o desenvolvimento de soluções inovadoras e, por isso, buscou a parceria da Darwin Startups, que já auxiliou 36 negócios em quatro anos. 

“A TransUnion é uma empresa com veia inovadora, que busca melhorar a qualidade de vida das pessoas, viabilizando o acesso a bens e serviços por meio de soluções para a tomada de decisão no relacionamento das organizações com seus clientes e parceiros. Por isso, vimos no Darwin uma oportunidade de apostar ainda mais em inovação no mercado brasileiro, contribuindo com o desenvolvimento do mercado”, afirma Juarez Zortea, presidente da TransUnion no Brasil.

A Darwin Startups foi fundada em 2015 e tem escritórios em Florianópolis e São Paulo. O trabalho da aceleradora consiste em investir financeiramente e auxiliar as startups selecionadas por meio de mentorias e networking para o desenvolvimento de projetos. 

Até 2017, o programa investiu R$ 6 milhões em startups. A expectativa para 2018 é aportar cerca de R$ 5 milhões. No total, 36 empresas já foram investidas. Neste ano, o projeto pretende apoiar até 20 novas startups.

Os negócios selecionados pela aceleradora podem receber até R$ 170 mil líquidos e mais R$ 500 mil em benefícios/serviços. 

Para participar do processo seletivo, as empresas precisam atuar nas áreas de big data, serviços financeiros, seguros, TI ou Telecom, setores de atuação dos parceiros corporativos do Darwin (B3, Neoway, RTM e CNSeg Par), que agora passa a contar também com a TransUnion.

A aceleradora está com as inscrições abertas para o 5º ciclo de aceleração.Assim como na última turma, as startups poderão escolher entre participarem do programa em São Paulo ou Florianópolis.  Serão selecionadas entre 10 a 15 empresas que receberão um investimento inicial de R$ 170 mil em troca de participação minoritária de 12%. As inscrições podem ser feitas pelo site da aceleradora.

"Nós procuramos reunir os parceiros ideais para ajudar as startups a atingirem o melhor do seu potencial. Procuramos times formados por pessoas com experiência prévia nos mercados em que atuam, perfis complementares e um sonho grande", afirma Marcos Mueller, CEO do Darwin.

Em março de 2017, a TransUnion inaugurou o InnovationLab, espaço de cocriação instalado na sede da companhia em Chicago, em que fintechs são convidadas a desenvolver soluções com suporte e mentoria dos profissionais da TransUnion. 

Em abril deste ano, o escritório da TransUnion nos Estados Unidos lançou o Startup Credit Kit, solução que oferece às novas empresas acesso rápido a informações e dados alternativos referentes a tendências de crédito e prevenção a fraude.

A TransUnion atende empresas de mais de 30 países, em cinco continentes. A multinacional americana de inteligência de dados, analytics e soluções de decisão está no Brasil desde 2012, após aquisição das empresas nacionais Crivo e ZipCode. No país, a companhia atende a cerca de 1 mil clientes.

Globalmente, a companhia processa bilhões de atualizações de dados todos os meses e mantém o histórico de crédito de mais de 500 milhões de consumidores.