Decisão judicial deu bolada para BMC. Foto: flickr.com/photos/archeon

Tamanho da fonte: -A+A

A IBM foi condenada nos Estados Unidos a pagar uma indenização de US$ 1,6 bilhão para a BMC, relativo a um rolo envolvendo mainframes na AT&T, uma das maiores operadoras de telecomunicações do país.

É um valor para lá de significativo, tendo em conta que o faturamento total da BMC no ano passado foi de US$ 2 bilhões.

No processo, em curso há cinco anos, a BMC havia acusado a IBM de ter quebrado um contrato entre as duas empresas ao migrar os mainframes da AT&T de uma solução da BMC para outra da IBM.

A IBM era responsável pela manutenção dos equipamentos, que rodavam software da BMC. As duas empresas tinham um contrato que impedia a IBM de migrar clientes conjuntos para as suas soluções.

Foi justamente o que aconteceu em 2015, levando a BMC a entrar na justiça dois anos depois. A IBM diz que vai recorrer.