SEGURANÇA

Cisco compra Open DNS por US$ 635 mi

01/07/2015 09:55

Compra é movimento da multinacional para crescer no segmento de segurança online.

Hilton Romanski. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Cisco divulgou nesta terça-feira, 30, sua intenção de comprar a OpenDNS, empresa privada de segurança em nuvem, pelo valor de US$ 635 milhões.

Segundo destaca a Reuters, a compra é um movimento da multinacional em aumentar seus negócios no segmento de segurança online, à medida que a demanda neste setor aumenta, assim como o número e sofisticação de ciberataques.

A OpenDNS usa inteligência preditiva para bloquear malware, bots e arquivos de phishing que quebram a barreira dos antivírus e firewalls. A Cisco já tinha ligação com a companhia com uma participação minoritária nas ações, após um investimento de US$ 35 milhões no ano passado.

Baseada em San Francisco, a empresa tem mais de 160 milhões de clientes ao redor do mundo, e afirma transacionar mais de 70 bilhões de solicitações de DNS todos os dias.

A aquisição, a primeira com Chuck Robbins no comando da Cisco, se soma a outras manobras da Cisco em segurança, como a Sourcefire, empresa comprada em 2013 por US$ 2,7 bilhões.

Conforme divulgado em nota pela Cisco, a aquisição deve ser oficialmente fechada no primeiro trimestre fiscal de 2016.

Segundo Hilton Romanski, CTO da Cisco, a Cisco continuará a investir em fusões e aquisições para reforçar o portfólio sob o comando de Robbins.

Para a empresa, o caminho é ir além dos switches e equipamentos de redes para investir em novas soluções como softwares e ferramentas de inteligência e segurança para ambientes cloud e data centers.

"Vamos continuar a focar em acordos que nos permitirão complementar o que fizemos com a Sourcefire na área de prevenção de invasões que continuaremos a observar verticais chave dentro do segmento de segurança", complementou Romanski.

Segundo a consultoria MarketsandMarkets, o mercado global de cibersegurança terá um crescimento estimado de US$ 106,32 bilhões em 2015 para US$ 170,21 bilhões em 2020.

Veja também

NO ORIENTE
Cisco investe US$ 10 bilhões na China

Empresa está disposta a acelerar no emergente, porém bastante restrito mercado asiático.

IDC
Videoconferência: alta de 20% nas vendas

Mesmo assim, a receita do setor caiu 21%, ficando em US$ 484 milhões.

AMÉRICA LATINA
Gravity4 tem nova diretora de vendas

Nos últimos dois anos, Patricia Lorenzino foi diretora de desenvolvimento de negócios da Vizury.

CLOUD
Oracle: das grandes para o midmarket

Ampliação da oferta na nuvem abre portas no mercado de médias.

BRASIL
Ingram Micro: novo diretor de vendas cloud

Plano é usar a expertise de José Furst em TI, Telecom e cloud para tornar a distribuidora um provedor master em cloud no país.

OLHOS
Cerpo: renovação com Teltec

Projeto envolve virtualização de desktops, contact center, telefonia IP, redes, videoconferência e educação à distância.