Grandes players em favor do R. Foto: reprodução.

Nomes de peso do mercado de computação, encabeçados por Google e Microsoft, se uniram para a criação do R Consortium, um novo consórcio para apoiar a linguagem de programação R.

Segundo destacou a Computerworld internacional, o consórcio foi fundado por Google, Microsoft, HP e Oracle, acompanhadas de outros players menores como RStudio, Tibco, Alteryx e Mango Solutions.

Conforme divulgado pela Linux Foundation, apoiadora da nova linguagem, o grupo terá a missão de fortalecer simultaneamente as comunidades de técnicos e usuários de plataformas baseadas em R.

A linguagem é usada principalmente por programadores de aplicações na área de estatística e design gráfico, como aplicações de CAD, analytics e data mining.

A fundação explicou que o consórcio atuará em paralelo com a R Foundation, organização sem fins lucrativos baseada na Áustria responsável por manter a linguagem. Com o apoio das grandes empresas, o plano é aumentar o alcance e utilização da plataforma.

Para analistas, a presença da Linux Foundation no consóricio serve como um apaziguador de ânimos para os usuários da linguagem, que poderiam temer a interferência dos grandes players no perfil aberto e colaborativo que existe atualmente na comunidade de usuários de R.

De acordo com Tim Hesterberg, analista senior do Google, o padrão de programação já está presente no Google, com mais de mil colaboradores usando, inclusive em projetos críticos.

"Nós amamos que ele é open source e podemos conectar com nossas ferramentas de processamento de dados. Estamos contentes de apoiar a infraestrutura R como parte do R Consortium", afirmou Hesterberg.