CADEIA FRIA

Grupo Polar controla informações com Totvs

01/07/2021 09:46

A empresa atua no armazenamento e transporte de remédios termolábeis, como as vacinas.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo Polar, especializado em soluções para a cadeia fria de produtos farmacêuticos, adotou a solução da Totvs para garantir um maior controle de dados e de informações no armazenamento e transporte de remédios termolábeis, como a vacina contra a Covid-19.

Por trabalhar com insumos e produtos que exigem muito cuidado e atenção, a companhia sentiu a necessidade de contratar um sistema de gestão capaz de centralizar informações e ajudar no gerenciamento dos processos internos. 

"Nos faltava uma base consolidada de informações para a tomada de decisões gerenciais e para operar as funções básicas de gestão de controles", conta Gilberto Codarin, diretor administrativo financeiro do Grupo Polar.

Para atender essa demanda, o grupo escolheu o Totvs BackOffice - Linha Protheus, voltado ao controle de planejamento de compras, recebimentos, estoque, contas a pagar e produção.

“No caso do Grupo Polar, a necessidade de acesso em tempo real dos processos e informações ganha um peso a mais, uma vez que se trata de produtos essenciais", destaca Angela Gheller, diretora de manufatura, logística e agroindústria da Totvs.

Com o novo sistema, a empresa afirma ter informações precisas em seu processo para garantir o cumprimento das normas da Anvisa, que impõe uma série de regulamentações sobre o monitoramento de tempo e temperatura dos medicamentos.

"Para nós, a principal vantagem da parceria com a Totvs foi conseguirmos trabalhar de forma integrada, gerando economia de recursos, evitando retrabalho e aumentando muito a nossa produtividade", avalia Codarin.

Com mais de 20 anos de atuação, o Grupo Polar detém as empresas Polar Técnica, Valida Laboratório de Ensaios Térmicos, Cibragel e Polar Store.

Através delas, atua na chamada cadeia fria, desenvolvendo elementos térmicos (gelos) e fabricando caixas, bolsas térmicas, dataloggers, rastreadores e monitores de temperatura, incluindo serviços de qualificação e validação destes sistemas.

No laboratório, possui um time de farmacêuticos e engenheiros que implementam a qualificação de embalagens, equipamentos, armazéns e frotas refrigeradas, além do controle de refrigeração no momento do transporte. 

Isso permite a atuação da empresa no segmento de vacinas, incluindo as contra a Covid-19. Neste caso, há imunizantes que exigem, por exemplo, um armazenamento e controle térmico a -70ºC em um processo no qual erros resultam em desperdício de doses.

A Totvs está em um ótimo momento. Com uma receita líquida de R$ 2,59 bilhões em 2020, uma alta de 13,8%, a companhia teve no ano passado o seu melhor resultado em mais de uma década, ficando atrás só dos 15,6% obtidos em 2009. 

Veja também

ECOSSISTEMA
YouBot e Núcleo têm fusão

História por trás do negócio mostra o movimento de inovação na Serra Gaúcha.

PANELAS
Alcast terá S/4 Hana da SAP

Projeto na indústria de laminados de alumínio será da SPRO IT Solutions.

VISÃO
O ERP vai sumir

CEO da Omie faz previsão ousada sobre o mercado em artigo para o Baguete.

NOMES
Rodrigues, ex-Omie e Totvs, está na Procenge

Empresa de ERP sediada em Recife tem um novo gerente comercial.

FINTECH
Itaú fecha acordo com Omie

Startup de software de gestão é a primeira parceira do Itaú Meu Negócio.

PIRÂMIDE
SAP tem plano focado nas médias

Parceiros oferecem pacote com financiamento, serviços e solução com preço competitivo.