Martin Morawetz e Mário Verdi. Foto: Divulgação.

A Inventsys, empresa de Porto Alegre que fornece o Citysys, sistema de gestão de patrimônio, firmou seus primeiros contratos na Europa. A companhia fechou um acordo com a Solution Broker, que se tornou sua primeira representante na Suíça.

"A solução da Inventsys surpreendeu pela facilidade e rapidez na adoção por parte do cliente e seus colaboradores. Foi muito impressionante ver como toda a realidade do cliente pode ser inserida na plataforma Citysys, numa velocidade incrível. Creio que a abordagem de simplicidade e foco na experiência do usuário abrirão muitas portas na Suíça", afirmou o CEO da Solution Broker, Martin Morawetz.

O primeiro projeto com o sistema da Inventsys fora do Brasil foi feito na SWL Energie, responsável pelo fornecimento de água, gás e eletricidade para centenas de empresas, estabelecimentos comerciais e milhares de residências na Suíça. 

O contrato foi fechado com apoio da Solution Broker. A empresa fez uma prova de conceito para uso nos processos de manutenção programada da empresa, nos ativos e operações ligados aos serviços de fornecimento de água, eletricidade e gás. 

Com o contrato assinado, o diretor da Inventsys, Mário Verdi, foi à Suíça em maio para dar início ao projeto. 

No local, foi realizado um workshop para demonstração da lógica do sistema aos responsáveis de cada área na SWL, onde foi feita uma reprodução ao vivo dos processos operacionais da empresa, já com utilização do sistema. 

"Ficamos impactados com a rapidez com que nossos formulários e atributos dos ativos de nossos inventários foram inseridos no sistema. Também nos passou muito boa impressão a flexibilidade da Inventsys quanto aos pontos que levantamos para serem melhorados, que foram incorporados à ferramenta em um curto espaço de tempo", afirmou Gian von Planta, diretor de operações da SWL. 

A empresa estuda agora a contratação do Citysys em definitivo, aguardando apenas a validação dos testes iniciados em campo.

O Citysys permite o registro do mobiliário urbano e dos bens públicos da cidade, que passam a ser visualizados por um painel web em nuvem, que serve como um centro de controle. 

Ainda em 2016, a Inventsys espera conquistar mais dois contratos na Europa.

“Iniciamos a expansão da empresa pela Europa, pois sistema foi projetado para ser global desde o princípio, com tradução para inglês e alemão”, explica Verdi.

Hoje a empresa tem 16 clientes no Brasil, entre eles Grupo Henrique Stefani e o Grupo OSESP de São Paulo, empresa com 12 mil funcionários que utiliza o sistema no gerenciamento de suas operações de limpeza e portaria em mais de 7 mil pontos.

No setor público, a empresa atende a secretaria de transportes de São Bernardo do Campo e está iniciando implantação em Gravataí. 

A Inventsys recebeu um aporte de valor não-revelado de investidores anjo no início do ano.

O grupo responsável pela ferramenta reúne profissionais das áreas de design, engenharia e administração: Mário Verdi, Henrique Haas e Paulo Tupinambá.