Antonio Felix, CEO da AX4B. Foto: Divulgação.

A AX4B, empresa paulista parceira da Microsoft, entrou no time dos grandes canais da multinacional no país, ao tornar-se um Licensing Solution Partner.

No total, só 14 empresas têm esse status no país, incluindo multinacionais como Software One, Dell, Sonda, Ingram e Logicalis; grandes empresas nacionais como Processor, Solo e UOL Diveo.

A obtenção do LSP envolve um processo de seis meses, no qual a Microsoft avalia estrutura de vendas, marketing, histórico de vendas e capilaridade do governo.

Antes conhecido como Large Account Reseller, um termo um pouco mais claro, esse tipo de parceiro pode fechar contratos com grande volume de licenciamento, o que é crítico em contratos com o governo, por exemplo.

A empresa tem hoje filiais em São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.

“A parceria com a Microsoft é estratégica e continua em pleno desenvolvimento. A Microsoft reconheceu nosso potencial e entende que o DNA consultivo da AX4B é um dos grandes diferenciais da nossa atuação”, avalia Antonio Felix, CEO da AX4B.

Fundada em 2006, a AX4B começou no mercado trabalhando exclusivamente com o sistema de gestão AX da Microsoft, no qual foi uma das pioneiras do país e que o que hoje representa um terço do faturamento. 

Com o tempo, foram incluídos também na oferta CRM, licenciamento e nuvem da Microsoft.

No começo de 2017, a companhia reforçou seu lado de licenciamento Microsoft com a compra da  integradora de sistemas Gripho por R$ 4 milhões.

A AX4B fechou o ano de 2016 com faturamento de R$ 30 milhões, alta de 20% em relação ao valor conquistado em 2015. 

Com 120 funcionários, a empresa atende a clientes como Cinemark, Rede Unimed, BM&FBovespa, Grupo Pearson, Webmotors e Sttutgart Porsche.

No ano passado, a A AX4B foi a primeira parceira da Microsoft na América Latina e uma das dez parceiras globais a receber a certificação “Microsoft Gold Cloud Platform”.