SANEAMENTO

CAERN terceiriza equipamentos com Microcity

01/09/2021 16:50

Projeto na companhia potiguar envolve 1,2 mil máquinas, entre notebooks e desktops.

A empresa possui 165 sistemas de abastecimento de água. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) contratou a Microcity, uma das maiores empresas do país na área de outsourcing de ativos de TI, para terceirizar todo o seu parque computacional com 1,2 mil máquinas, entre notebooks e desktops.

Com dificuldades na gestão dos ativos, a empresa tinha equipamentos que não proporcionavam bons resultados e deterioravam, dificultando a operação como um todo. 

“Por isso, optamos por mudar de estratégia e procuramos no mercado os melhores players que poderiam entregar esses produtos, com as atualizações e especificações que fizemos, de forma terceirizada. Foi assim que chegamos na Microcity", conta Bruno Gomes, gestor de TI da CAERN.

O gestor destaca que a Microcity cumpriu o prazo contratual mesmo com a complexidade do projeto, uma vez que a empresa possui 165 sistemas de abastecimento de água distribuídos em 152 sedes de municípios e 13 localidades.

"A Microcity conseguiu entregar, preparar e migrar os equipamentos, deixando tudo funcionando. Nós não tínhamos visto ainda uma parceira que conseguisse executar o prazo contratual diante do nosso escopo de atuação", conta Gomes.

Segundo a empresa, a mudança permitiu diminuir os problemas com a gestão dos equipamentos de TI e aumentou em 100% a satisfação dos usuários dos seus computadores.

Fundada em 1969, a Caern detém a concessão dos serviços públicos de saneamento básico, captação, tratamento e distribuição de água no estado do Rio Grande do Norte.

Com quase 40 anos de atuação, a Microcity tem uma base instalada de mais de 200 mil desktops, notebooks, e dispositivos dos principais players de tecnologia em todo o território nacional. 

A empresa fechou o ano passado com uma receita de R$ 140 milhões, o que representa um crescimento de 21% em relação a 2019. A expectativa é crescer outros 18% em 2021, chegando a R$ 165 milhões.

Veja também

CAIXA
Sinqia vai captar mais capital

Valor pode atingir até R$ 550 milhões. Empresa já fez 19 aquisições desde 2013.

NOVO-NOVO NORMAL
Cogna: trabalho híbrido com Atos

Criado em 2020, o MySeat permite a reserva antecipada de assentos considerando o distanciamento.

CONTRATAÇÃO
Connectcom aposta em agile

Almir Segatti vai estruturar a área de desenvolvimento de software e solução digital da empresa.

FOCO
Neo: VP foca em digital

Companhia se mexe para ser vista como mais do que um player de BPO.

MAIS UMA
Sinqia compra negócio de BPO da Mercer

Gigante de RH vai vender sua operação focada em previdência privada.

TERCEIRIZAÇÃO
Instituto Orizonti faz outsourcing com Microcity

Hospital adota cerca de 700 equipamentos da Dell em menos de uma semana, gerando redução de custos de 25%.