Usina Riograndense, da Gerdau, receberá investimento para ampliação. Foto: divulgação.

A gaúcha Gerdau e o governo do Rio Grande do Sul firmaram nesta quinta-feira, um protocolo de intenções para a ampliação da usina Riograndense, em Sapucaia do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre.

O acordo, assinado pelo governador Tarso Genro e o presidente da Gerdau, André Johannpeter, prevê um investimento de R$ 460 milhões para a aciaria. Os recursos serão disponibilizados pelo Fundo Operação Empresa do Estado do Rio Grande do Sul, o Fundopem.

Dos R$ 460 milhões, R$ 161 milhões serão utilizados em obras de infraestrutura, R$ 148 milhões em máquinas e equipamentos e R$ 151 milhões em instalações e montagens.

A unidade deverá aumentar a produção da companhia de 450 mil para 650 mil toneladas de aço anuais. As obras devem começar em 2012 e o início das operações está previsto para 2015.

"Será um investimento com equipamentos novos, modernos, que trarão mais segurança e qualidade aos produtos, além da redução do consumo de energia”, detalhou o presidente da Gerdau.

A empresa não deu informações sobre a quantidade de empregos que serão gerados. Atualmente, a usina conta com 1,,2 mil trabalhadores.

Aproximadamente 50% da produção de aço da usina Riograndense ficam no Rio Grande do Sul e o restante vai para Santa Catarina e Paraná, principalmente para setores como construção civil e indústria metalmecânica.