Sameer Patel, da SAP. Foto: flickr.com/photos/traftery

Tamanho da fonte: -A+A

A SAP anunciou nesta quarta-feira, 31, medidas para se firmar entre os grandes players no mercado de software corporativo social, rivalizando com produtos de empresas como a Salesforce.

A empresa lançou o SAP Jam, plataforma que combina recursos de rede social. O Jam, adquirido pela empresa alemã na compra da SuccessFactors, foi integrado ao software SAP Streamwork para colaboração estruturada.

De acordo com Sameer Patel, vice-presidente global e gerente-geral de soluções de software social da SAP, clientes atuais do StreamWork continuarão a contar com suportes futuros da tecnologia.

Da mesma forma, clientes do SuccessFactors Jam terão as mesmas capacidades de agora quando migrarem para o SAP Jam, mas com direito a novas a novas funcionalidades, conforme detalha Patel.

Preços e pacotes para o Jam ainda não foram definidos, afirma um porta-voz da empresa.

ESTRATÉGIA

A decisão de agregar features sociais aos seus softwares representa uma expansão na estratégia da companhia alemã, para rivalizar com empresas com produtos mais orientados à plataforma social, como faz a Salesforce.

Para Patel, a SAP não está atrasada na estratégia. O executivo assegura que a empresa, ao observar os primeiros cinco ou seis anos do salto do software social nas corporações, pôde chegar a um produto mais sensato.

"Há uma enorme quantidade de clientes para quem social não faz sentido agora. A estratégia da SAP está em torno de determinar onde social pode se encaixar ou não", acrescenta.

Segundo matéria da Computer World, a empresa pretende anunciar outros produtos que incluem Social OnDemand, de monitoramento social, e e o SAP Social Media Analytics by NetBase, para colher insights de big data.