TI de Caxias do Sul reforça segurança. Foto: divulgação.

A prefeitura de Caxias do Sul, em um contrato firmado com a Integrasul, adotou a solução Deep Discovery da Trend Micro para ter mais informações sobre acessos a destinos suspeitos e possíveis ameaças às suas redes.

Antes da implantação, realizada em março, a prefeitura acreditava que, bloqueando todas as saídas e liberando apenas destinos confiáveis, seria o suficiente para manter a segurança.

No entanto, o conteúdo malicioso que a equipe de TI da prefeitura analisou com a ajuda da nova solução era, em sua maioria, arquivos que estavam com código suspeito hospedados em sites considerados confiáveis.

“Nós queríamos um relatório de ameaças que nos auxiliasse a corrigir os bloqueios ou filtros. Mas o que percebemos é que a ferramenta traz, inclusive, relatos instantâneos de acesso a conteúdo malicioso em destinos considerados confiáveis por nós, além de algumas estações servindo como botnets", explica Antonio Jacob Bracht, diretor de TI da prefeitura.

Segundo a prefeitura, nos seis meses de utilização do novo sistema, o controle e a visão do ambiente computacional do município foram ampliados, mostrando atividades que antes eram indetectáveis.

"Temos plena consciência de que caso não tivéssemos uma preocupação tão grande com a segurança da nossa rede, poderíamos estar com um cenário bem crítico. Com o uso da ferramenta, o controle e a visão da rede expandiu. Antes não dava pra ver o que acontecia realmente”, completou Bracht.

A parceria da prefeitura caxiense com a Integrasul e tecnologias da Trend Micro não é de agora. Em 2011, o município adotou a suíte Enterprise Security for Endpoint Advanced, da Trend Micro, para garantir a segurança de um parque de mais de 1,3 mil desktops, 60 notebooks e 30 dispositivos móveis.

Localizada na serra gaúcha, a cerca de 130 km de Porto Alegre, Caxias do Sul tem aproximadamente 441 mil habitantes. A cidade tem o terceiro maior PIB per capita do estado, com R$ 17,7 mil por habitante.