José Galló.

Fábio Adegas Faccio, atual diretor de produto das Lojas Renner, vai suceder José Galló como CEO a partir de 18 de abril de 2019.

Em nota, a Lojas Renner informa que um período de transição começa agora. Galló continuará no conselho da empresa.

Com 19 anos de companhia, Faccio, que tem 46, começou como trainee, foi gerente de Loja, gerente regional, gerente geral de lojas, diretor de lojas, diretor de operações e, este ano, após um período de rodízio de cargos, assumiu a posição de diretor de produto da companhia.

Ele já era tido como o favorito para suceder a Galló, e agora começa a difícil missão de substituir um executivo que construiu, nas palavras do Brazil Journal, “uma das carreiras mais vitoriosas do mundo corporativo brasileiro e do varejo mundial”.

Na companhia desde 1991, quando chegou como consultor para auxiliar a família fundadora, Galló chegou à presidência em 1998.

Em 1991, a Renner tinha oito lojas e 800 funcionários, sendo uma loja de departamentos regional. Hoje, tem mais de 500 lojas, 19 mil funcionários e vale R$ 27 bilhões na Bolsa, sendo um sinônimo de práticas avançadas de “fast fashion”. 

Uma matéria da Época Negócios de 2016, revela um pouco do estilo pessoal de Galló, que comanda a Renner a partir de uma sala sem luxos dividida com cinco diretores, que comandam as áreas de Operações, Tecnologia e Gestão, Compras, RH e Financeira.

No dia a dia, o executivo não dispensa o uso do crachá (que, no seu caso, estampa apenas seu rosto e o sobrenome, “Galló”, sem a qualificação “Presidente”) e almoça ao lado dos funcionários no restaurante interno.