Redes VPN. Foto: Pixabay.

A sigla VPN vem do inglês e significa Virtual Private Network, ou seja, Rede Virtual Privada. Isso quer dizer que uma VPN serve para fazer a comunicação privada entre dois dispositivos (computadores, celulares), através de uma rede pública, no caso, a internet. Esse caminho direto é protegido, pois os dados enviados e recebidos são criptografados, tornando a navegação muito mais segura do que pelas formas tradicionais de conexão, como a banda larga ou via redes móveis, por exemplo.

De maneira resumida, um provedor de VPN confiável trabalha com o “tunelamento” das informações. A expressão significa a criação de uma espécie de “túnel” entre quem deseja transmitir determinado conteúdo e quem vai receber, de modo que mais ninguém tenha acesso aos dados trafegados, nem tampouco saiba sua origem e destino.

O uso de VPNs se popularizou no início de 2015, quando um juiz do Piauí determinou que as operadoras de telefonia móvel e de internet bloqueassem o acesso de seus clientes ao aplicativo WhatsApp. Assim, durante a suspensão, muitos usuários recorreram a um serviço de VPN para utilizar normalmente o sistema de mensagens instantâneas.

Além de contornar determinados bloqueios ou restrições, a comunicação através de uma VPN apresenta outras inúmeras vantagens.

As vantagens de usar uma conexão por VPN

1. Segurança

A segurança no tráfego de informações é considerada o maior benefício ao utilizar uma VPN.

Como os dados transmitidos são previamente encapsulados e criptografados, não há risco que se percam ou sejam interceptados por invasores virtuais – os famosos hackers. Isso é particularmente importante e útil, quando você acessa o seu celular via conexão wireless (conexão sem fio) de um local público, como cafés ou restaurantes, por exemplo.

2. Privacidade

Quando se trata de dados confidenciais ou informações relativas ao trabalho, o uso de uma VPN é essencial para garantir a privacidade de sua navegação.

Além da criptografia de dados, o endereço IP e a localização do seu dispositivo são ocultados ao acessar a internet via conexão por VPN: você é direcionado a um dos servidores do prestador de serviço - usualmente localizados em diversas partes do planeta -, e recebe um novo IP temporário, fazendo com que sua navegação permaneça anônima.

3. Acesso remoto

Cada vez mais, as empresas estão aderindo ao modelo de trabalho remoto, como forma de economia nos custos fixos. Assim, através de um sistema de comunicação por VPN, o funcionário que desempenha suas atividades à distância ou que viaja com frequência consegue acessar conteúdos localizados em servidores internos da companhia, sem a necessidade de estar presente fisicamente no escritório.

4. Acesso a conteúdo restrito

Outra vantagem de utilizar uma VPN é a possibilidade de acessar determinados conteúdos, indisponíveis em sua localidade.

Ao visitar um determinado site, você automaticamente informa a ele seu endereço IP e a sua localização. Através de uma conexão via VPN, seu disposto passa a utilizar um IP fornecido pelo provedor do serviço, que pode estar localizado em qualquer parte do mundo. Dessa forma, você consegue visualizar conteúdos restritos geograficamente, como por exemplo, o catálogo de filmes da Netflix norte-americana, infinitamente mais abrangente do que o disponível no Brasil.

5. Baixo custo

Embora existam serviços de VPN gratuitos, os níveis de segurança e privacidade oferecidos são limitados, a velocidade de transmissão de dados é baixa e existem restrições ao tempo de uso.

Uma boa VPN tem um custo mensal, porém bem mais acessível, se comparado a outras formas de comunicação confiáveis, como um link dedicado, por exemplo. Assim, quem deseja navegar na internet de maneira realmente segura, através de uma conexão por VPN, deve escolher o provedor com cautela.