Hana promete turbinar pagamento de impostos. Foto: flickr.com/photos/68751915@N05

A NTT Data e a Firsteam anunciaram nesta quinta-feira, 02, o lançamento de uma solução fiscal baseada em SAP Hana.

O produto terá hardware de processamento em memória Hana da Fujitsu, companhia da qual a NTT é parceira para integração de sistemas e software para processamento de obrigações fiscais da Firsteam, uma consultoria paulista especializada em SAP.

A nova solução terá como foco grandes empresas com necessidade de gerenciamento de Big Data com a tecnologia SAP e será oferecida à base de clientes das três empresas.

“A união das tecnologias e expertise dessas três empresas traz ao mercado uma solução inovadora que promete auxiliar as empresas que demandam de gerenciamento de Big Data”, diz Vanderlei Santos, vice-presidente da área de Manufatura da NTT Data no Brasil.

A multinacional alemã anunciou em março o Tax Management Framework, uma solução que visava uma melhor integração dos sistemas de gestão da multinacional alemã com os softwares específicos da área fiscal oferecida por parceiros, rodando sobre Hana.

Até o momento, a SAP tem três parceiras com ofertas na área: a Firsteam, a Sonda Procwork e a AllTax, consultoria tributária de Fortaleza que não atuava antes como parceira da SAP.

A expectativa é que pouco a pouco as demais consultorias parcerias da SAP na área – hoje um grupo de 10 empresas no Brasil – lancem suas ofertas baseadas em Hana, o que deve alavancar as vendas da nova tecnologia no Brasil.

A SAP já está trabalhando junto com as Big Four do ramo de auditoria fiscal - KPMG, Deloitte, Ernest Young e PWC - para que elas usem a nova tecnologia como ferramenta de aconselhamento dos seus clientes.

Em um país no qual mais de 80 impostos representaram 36,3% do PIB em 2012, alguns dos maiores clientes da SAP sofrem um gargalo no processamento das suas obrigações tributárias.
 
Com tempo limitado, as empresas conseguem somente processar os impostos, perdendo oportunidades de analisar os dados para encontrar erros, ou mesmo explorar a informação para ajudar na hora de tomar decisões de negócio como onde instalar um novo centro de distribuição, por exemplo.
 
O TMF foi desenvolvido dentro do SAP Labs, centro de desenvolvimento e suporte da multinacional localizado em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre.