Henrique Portella, diretor de negócios da iMaps. Foto: Divulgação.

A iMaps, revenda Qlik sediada em Porto Alegre, firmou um acordo com a Teradata para atuar como canal da companhia na região sul do Brasil. Com nove parceiros no Brasil, a Teradata ainda não contava com uma representante no sul.

Hoje, os canais da empresa são CDS/Maxtera (SP), TGV (DF), DMK3 (RJ), Keyrus (atuação nacional, com foco em SP e RJ), LCA (SP e RJ), Horus (SP e PR) e Cognizant (SP).

“A parceria com a Teradata tem relação com o movimento global de aproximação da Qlik com a companhia. Agora, queremos implantar projetos compostos por sistemas das duas empresas, mas vamos avaliar a situação dos clientes para definir a melhor estratégia, que poderá ser de um software apenas”, relata Henrique Portella, diretor de negócios da iMaps.

Para a Teradata, a parceria com a iMaps é a continuação da estratégia de alavancar as vendas indiretas no Brasil. A empresa acredita que a experiência da revenda gaúcha será importante para ampliar as tecnologias de big data e análise de dados na região sul. 

Hoje a empresa de Porto Alegre atende a cerca de 60 clientes, entre eles empresas como Tramontina, Contax, Panvel, Randon e Unisinos. A iMaps também atende a organizações do setor público, como os Ministérios Públicos do Rio Grande Do Sul, Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Segundo a empresa, com a nova parceria será possível incrementar projetos de empresas que já são atendidas pela iMaps com sistemas da Qlik, adicionando ofertas da Teradata.

Na visão de Portella, a região sul vem sendo receptiva com a cultura de uma administração voltada a dados. 

“Hoje a iMaps tem um crescimento médio de 25% ao ano. Agora, com a oferta do portfólio Teradata, pretendemos dobrar nosso faturamento, até porque o ticket médio dos contratos se torna mais alto”, explica Portella.

A iMaps é uma das maiores parceiras da Toccato, uma das três distribuidores da Qlik no Brasil. A empresa gaúcha atua com as soluções da Qlik desde 2010.