A Motorola Solutions fornecerá um sistema de comunicações para o Metrô SP. Foto: Claudio Pepper.

A Motorola Solutions, fabricante de rádios, redes de telecomunicações de missão crítica, fornecerá um sistema de comunicações para o Metropolitano de São Paulo (Metrô SP). 

O projeto prevê a entrega de rádios serviços fim a fim, mas, segundo o Telesíntese, a empresa não revela detalhes do contrato.

O Metrô de São Paulo possui cinco linhas em operação. Ao todo são 68,5 quilômetros de rede, 61 estações e 154 trens. Em 2014 foram transportados 1,1 bilhão de passageiros no sistema.

Diariamente, a malha metroviária transporta cerca de 4,7 milhões de passageiros.

Elton Borgonovo, novo presidente da empresa no Brasil, afirmou à publicação que o acordo com o Metrô SP é um dos maiores para o ano de 2016, marcado por oportunidades de negócios geradas por grandes eventos – tanto os jogos olímpicos quanto os protestos. 

Para o evento esportivo no Rio de Janeiro, a empresa já começou a testar a rede de missão crítica que usa LTE. A rede permite a comunicação de voz e dados criptografados e o uso conjunto por diferentes agências de segurança. Esta rede já foi testada na Copa do Mundo de 2014, pela polícia do Distrito Federal.

“O grande diferencial desta vez é a integração com diversas agências e órgão de segurança, algo inédito. O projeto é único e o primeiro no mundo com essas características, o que coloca o país na vanguarda”, diz o executivo ao Telesíntese. 

Borgonovo assumiu a presidência da Motorola Solutions no mês passado, com a saída de Paulo Cunha. Segundo ele, tanto a economia brasileira quanto as vendas da empresa devem acelerar a partir do segundo semestre.

“Estamos aumentando os investimentos para desenvolvimento de produtos a pedido de clientes locais, o que não acontece em nenhum outro país. Estamos indo além de simplesmente localizar uma solução”, diz.