Sede do Governo do Amazonas. Foto: Divulgação/Secom

Tamanho da fonte: -A+A

O Governo do Amazonas anunciou a adoção da solução de modelagem de informação para a construção (BIM, na sigla em inglês) da Autodesk, especializada em software de criação para áreas como arquitetura, engenharia e construção.

Segundo a empresa, o estado poderá reduzir em até 40% o tempo de elaboração de um projeto, aumentando sua clareza em até 97% e proporcionando mais transparência e economia aos cofres públicos.

“Precisamos fazer com que o Estado seja uma máquina enxuta e leve. E não tem outro caminho, senão por meio da tecnologia”, pontua Wilson Lima, governador do Amazonas, durante o anúncio do projeto piloto.

A partir de junho, os servidores da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) iniciarão o curso de capacitação para o uso da metodologia BIM da DeskGraphics, parceira da Autodesk, com duração de 12 meses.

"Essa implementação é muito importante, pois representa o avanço da adoção do BIM no país, acompanhando uma demanda global de digitalizar a indústria de engenharia, arquitetura e construção (AEC)”, afirma Cláudio Pinto, diretor de negócios da Autodesk Brasil.

Fundada em 1982, a Autodesk tem sede em São Rafael, nos Estados Unidos, e possui mais de 13 mil funcionários, de acordo com o seu LinkedIn. As soluções da empresa de software são utilizadas por mais de 100 milhões de pessoas no mundo.