Foto: flickr.com/photos/spuklo

Uma falha nos servidores da Amazon na Virginia, nos Estados Unidos, deixou o serviço de fotos Instagram – comprado pelo Facebook em abril de 2012 por US$ 1 bilhão – fora do ar nesse final de semana.

O serviço  ficou indisponível por mais de 12 horas.

Segundo a empresa, o problema foi causado por uma tempestade que caiu sobre o estado norte-americano na última sexta-feira, 29.

De acordo com o portal de notícias Mashable, a tempestade atingiu a maioria dos servidores de cloud computing da Amazon, que mantêm o serviço no ar. No Twitter, a empresa anunciou que houve uma queda de energia, mas nenhum dado foi perdido.

“Trabalhamos durante toda a noite para restaurar o serviço”, disse a empresa em comunicado no microblog na tarde de sábado, 30.

Além do Instagram, serviços como Netflix, Pinterest e SocialFlow também sofreram instabilidades.

No fim da manhã de sábado, apenas o Instagram permanecia fora do ar. Isso porque, segundo o Mashable, alguns serviços têm servidores em outras localidades que não foram impactados da tempestade que causou interrupções de energia na região.

Uma das maiores empresas da área de hosting do mundo, a Amazon teve problemas de disponibilidade em abril do ano passado, quando os sites do jornal norte-americano The New York Times e do serviço de geolocalização Foursquare caíram por falha nos servidores.

Segundo dados da UBS Investment Research, a receita do Amazon Web Services (AWS) responde por cerca de 15% do total obtido pela Amazon atualmente.

Em 2011, a empresa teve receita de US$ 48,07 bilhões.

No Brasil, onde chegou no final do ano passado, a Amazon atende a clientes como Sulamérica, seguradora com lucro líquido de R$ 448,1 milhões no ano passado, e a distribuidora Resource, que faturou R$ 260 milhões em 2011.

Além dos servidores da Amazon, a tempestade que afetou a costa leste dos Estados Unidos matou uma pessoa e deixou 3,4 milhões de moradores sem energia elétrica, de Indiana até Nova Jersey.