Revitalização do cais pode render $$$. Foto: divulgação.

Um estudo realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) avalia que que a revitalização do Cais do Porto, na capital gaúcha, possa render um faturamento superior a R$ 1 bilhão ao ano,  gerar cerca de 1,6 mil empregos.

A pesquisa foi conduzida pelo Departamento de Pesquisa da entidade varejista, que concluiu que os 2,5km de área construída podem abrigar cerca de 200 estabelecimentos comerciais, com faturamento de R$ 56 milhões mensais.

Conforme os responsáveis pelo estudo, este índice pode dobrar a partir da consolidação do empreendimento, com espaços reservados para o comércio em harmonia com a paisagem do Rio Guaíba, conforme aponta o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

"De acordo com esse critério, podemos imaginar este potencial inicial, que atenderá a um publico médio de 20 mil famílias por dia, com um consumo de R$ 95 cada", destaca.

O projeto compreende o trecho da Estação Rodoviária à Usina do Gasômetro, que pretende reformar os armazéns do Cais, que serão destinados a gastronomia, lazer, entretenimento e cultura, além da construir três prédios comerciais e um shopping center.