Consórcio quer padronizar velocidade em DCs. Foto: divulgação.

Empresas do segmento de tecnologia como Arista Networks, Broadcom, Google, Mellanox Technologies e Microsoft anunciaram a criação de um consórcio para criar padrões de otimização para data centers.

Chamada de "25 Gigabit Ethernet Consortium", a aliança tem o propósito de estabelecer velocidades de 25 a 50 Gbps, no protocolo Ethernet, para as redes de data centers, subindo o padrão atual de 10 Gbps.

Segundo as empresas, esta especificação permitirá um melhor escalamento de velocidade entre o servidor e o storage, em redes cujo workload ultrapassa a capacidade de 10 ou 40 Gbps das redes Ethernet atuais. A informação é da Computerworld.

Com este padrão, o plano é suportar um novo padrão para a indústria, com redes Ethernet interoperáveis, o que pode trazer ganhos em performance e economia, reduzindo o custo por Gbps.

Para empresas como a Microsoft, que vem investindo pesado em estrutura de data centers para serviços como o Azure, a expectativa é de reduções em CapEx e OpEx. Os padrões serão disponibilizados sem cobrança de royalties para todas as companhias interessadas em aderir ao consórcio.

“As empresas que fazem parte do consórcio estão dando um passo importante para aumentar a performance e a velocidade dos data centers”, afirma Rogério Costa, CEO da Broadtec, canal da Arista no Brasil.