Fundada em 1938, a Elmo Calçados possui 33 lojas em Minas Gerais e Espírito Santo. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Elmo Calçados, rede varejista com atuação em Minas Gerais e Espírito Santo, adotou o ERP da Data System, empresa de Tecnologia da Informação especializada no varejo de calçados e roupas.

De acordo com Rodrigo Ballesteros Falci, presidente da Elmo, o ERP anterior era uma colcha de retalhos e, mesmo com as adaptações realizadas, não apresentava performance em relação aos indicadores. 

“A empresa estava sucateada em relação à gestão da informação, não conseguíamos extrair do sistema dados úteis sobre as áreas. Logo, era uma ferramenta subutilizada”, conta Falci.

Assim, a rede decidiu que precisava evoluir seus processos de frente de loja para uma plataforma de fácil usabilidade e, ao mesmo tempo, que fornecesse dados para a tomada de decisão em tempo real. 

Segundo a companhia, a solução da Data System possuía essas características, além de ser especializada.

Ao todo, todas as 33 lojas da rede passaram a operar com o ERP e o roll-out, de acordo com Soraya Ferreira, gestora de projeto da Elmo Calçados, foi extremamente simples e fez parte de um plano de gestão de mudanças conduzido pela empresa e apoiado pela Data System.

“Como o sistema anterior estava há mais de 25 anos em operação, foi necessário engajar todas as pessoas para a virada do software. Divulgamos pílulas de conhecimento sobre a importância do projeto e como o novo software facilitaria o dia a dia da operação”, conta Ferreira. 

A Data System apoiou este processo com vídeos e treinamentos sobre o uso do ERP e os benefícios que ele traria aos processos. Ao todo, 460 usuários estão acessando a nova plataforma.

Com ela, a empresa passou a ter relatórios específicos para o varejo de moda, com análises de compras, remarcação de produtos, transferência entre lojas, evolução de vendas com diversas variáveis, giro de produtos, entre outros. 

Se a companhia aumentar a margem de lucro de um produto que apresenta alto giro, por exemplo, consegue enxergar os impactos dessa ação sob diversos ângulos, como financeiro e markup da loja. 

“Se tivéssemos optado por outro ERP, teríamos que integrar um Business Intelligence. Com essas informações, conseguimos acompanhar nossas campanhas, alterar rotas rapidamente, fazer planejamentos a todo momento e tomar decisões em tempo real”, conta o presidente da Elmo Calçados. 

Além do ERP para os processos de frente de loja, a Elmo Calçados também está fazendo uso do aplicativo Painel de Vendas, que fornece para os gerentes mais uma opção sobre a visualização das vendas.  

Através da ferramenta, eles podem acompanhar a operação e tomar decisões, como identificar os produtos parados que precisam de mudança na exposição ou outra ação para passar a vendê-los.

“O sistema é extremamente robusto, mas com simplicidade, amigável e confiável, fornecendo informações sobre o todo, o que dá condições ao time de executar estratégias com assertividade. Temos agora uma facilidade mercadológica que nunca havíamos tido antes”, afirma Falci.

Para Rodrigo Roland, CEO da Data System, facilitar a gestão do PDV e contribuir na assertividade das decisões de companhias como a Elmo Calçados é o propósito da empresa para o segmento.

“A alta aderência do ERP às operações do grupo é fruto da escolha por uma solução especialista. Dedicamos todas as nossas energias para contribuir na melhora significativa da gestão do varejo de calçados e roupas, por isso nos responsabilizamos com a tecnologia para que a Elmo possa focar na estratégia e em melhores resultados”, afirma Roland.

Há 26 anos no mercado, a Data System possui soluções como ERP, PDV e BI com processos específicos para o varejo de moda.

Atualmente, a empresa atende a 2,6 mil lojas e mais de 40 mil usuários das suas soluções. Entre os principais clientes, estão Constance, Lojas ÉD+, Humanitarian, Elmo, Éconis e Estrela.

Fundada em 1938, a Elmo Calçados possui sede e centro de distribuição em Belo Horizonte, 33 lojas distribuídas em Minas Gerais e Espírito Santo, além de e-commerce.