RIM: tablet novo, vida nova? Foto: flickr.com/photos/blackberryimages

A RIM escolheu o Canadá, seu país sede, para lançar uma nova linha do tablet PlayBook com suporte para redes celulares – recurso que não foi incluído nos modelos iniciais do aparelho.

O delay do recurso, já presente em modelos Samsung e Apple para voz de dados, dependendo do aparelho, deve ser compensado com a tecnologia 4G, presente no novo modelo.

Estados Unidos, Europa, África do Sul, América Latina e Caribe são os próximos na lista de lançamento, que deve ocorrer nos próximos meses fora do território canadense.

No Canadá, o modelo chega na próxima semana.

O PlayBook, lançado há mais de um ano, é estrategicamente importante para a RIM já que é o primeiro produto a utilizar o sistema operacional QNX, que a empresa incluirá em uma nova geração de smartphones BlackBerry.

O tablet da RIM foi amplamente criticado em seu lançamento por carecer de recursos básicos como email e não tem conseguido impressionar consumidores apesar dos descontos de preços e importante atualização de software.

Mercado dominado pela Apple, os consumidores tablets não devem sorrir para a RIM tão cedo.

Segundo dado da consultoria Gartner, a plataforma QNX, que roda no Playbook será a quarta entre as quatro maiores do mercado nesse ano, ficando atrás, além do iOS (Apple), Android e Microsoft.