Ciclo PLM foca na área de manufatura. Foto: flickr.com/photos/i5design

Começou a atuar em Joinville a Ciclo PLM, um novo canal da Siemens PLM na região Sul.

Fundada por Welinton Auerbach, ex-Grapho, e Marcio Ishikawa, ex-Raihsa, a companhia já tem uma carteira de clientes do software de CAD da Siemens em Santa Catarina incluindo nomes como Krona Tubos e Conexões, Wetzel, Porcelas Guemer e Ilpea do Brasil.

“Começamos com projetos de CAD e estamos trabalhando em fechar projetos de PDM. Com o tempo, o mercado deve amadurecer para implementações de PLM”, afirma Auerbach, enfatizando que o ciclo dos produtos de gestão de dados e vida do produto são maiores, exigindo um esforço maior.

Tanto Auerbach como Ishikawa são profissionais jovens, com pouco mais de 30 anos, mas experientes no segmento de softwares para manufatura. Auerbach era tido como uma das referências técnicas na área de softwares de PDM da Autodesk e Ishikawa atuava como gerente de negócios.

“A Siemens foi a primeira empresa em sair à frente e trabalhar com arquivos da concorrência. Isso me deu segurança para ir trabalhar com eles”, afirma Auerbach.

Os planos futuros da Ciclo PLM passam por fortalecer a presença em Santa Catarina, para depois entrar no mercado paranaense por Curitiba.

O Rio Grande do Sul, onde tanto SolidWorks, Autodesk e Siemens PLM já tem revendas de peso atuando no mercado local, deve ficar para mais adiante.