Rodolfo Torello, vice-presidente de marketing e vendas da Positivo Tecnologia. Foto: Divulgação.

A Positivo Tecnologia contratou Rodolfo Torello para ocupar a recém-criada vice-presidência de marketing e vendas. 

Antes de empreender ao fundar a Amazing Brasil (empresa que licencia a iRobot e Nutribullet no país), o executivo fez carreira em companhias como Unilever, Whirlpool, Fast Shop e BRF Brasil. 

O novo cargo tem foco em fortalecer a Positivo Tecnologia e suas marcas – Positivo, Positivo BGH, Quantum, VAIO e Hi Technologies.

“Vamos trabalhar fortemente para tornar as nossas marcas cada vez mais robustas e próximas do consumidor. Para isso, estamos focados em entrar em novas categorias de produtos e expandir o nosso portfólio, além de ampliar os canais de venda, conquistando cada vez mais capilaridade nas grandes redes e varejos”, destaca Torello.

O executivo é formado em administração e tem MBA em marketing e finanças pela Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos. Torello também é mestre em marketing e comportamento do consumidor pela Universidade de São Paulo (USP).

A Positivo fechou o ano passado com uma receita líquida de R$ 1,84 bilhão, uma queda de 5,3% frente aos resultados de 2015. Apesar de negativo, o resultado representa um estancamento frente às quedas de 2015 (20%) e 2014 (9,2%).

A companhia voltou ao azul, saindo de um prejuízo de R$ 79,9 milhões em 2015 para um lucro líquido de R$ 8,8 milhões.

O EBITDA, lucro antes de impostos e amortizações, passou de negativos R$ 2,8 milhões, para positivos R$ 147,7 milhões.