Luis Bairão Carmagnani, country manager da Ricoh Brasil. Foto: Divulgação.

Luis Bairão Carmagnani é o novo country manager da Ricoh Brasil. Ele substitui Alejandro Tomas, promovido a vice-presidente de customer experience na Ricoh América Latina.

Bairão tem experiência de três anos como diretor de finanças e administração da companhia. Ele atua há 14 anos no ramo administrativo, passando por empresas como KPMG, Tesla Tecnologia, Philips Medical System, Larousse do Brasil e Oppa Design.

"Essas experiências me trouxeram bastante conhecimento para entender as dificuldades das áreas e, assim, poder criar estratégias e ações para melhorar os processos, diminuir os gaps e poder dar todo o suporte aos nossos clientes. Agora, como country manager, minha responsabilidade é manter o padrão de crescimento e melhoria contínua da empresa", comenta o novo country manager.

Hoje, a Ricoh Brasil é a maior filial da América Latina e busca ser o motor de crescimento da região. Até 2020, a empresa prevê combinar esforços nas ofertas de impressão, RPA, soluções e novas tecnologias, como computação cognitiva.

"Nossas metas para 2020 são agressivas. Além de continuarmos a crescer no core e continuarmos com o foco em equipamentos de produção (equipamentos com acima de 80 páginas por minuto), gerarmos 10% de nossa receita através de novas linhas de negócio, com crescimento do mercado de produção. Para isso, estamos focados em impressão e soluções para as verticais de educação, saúde e varejo, como ambientes projetados para atender alunos em suas várias necessidades de aprendizado, lockers inteligentes, automação com RPA e o Smart Doctor", pontua Bairão.

Em 2018, a Ricoh Brasil recebeu aporte de R$ 19 milhões da matriz japonesa para infraestrutura e desenvolvimento de produtos. Segundo o novo country manager, o valor foi investido na melhoria dos processos e ferramentas, elevando o nível de serviço da companhia nos campos de automação, controle e tecnologia da informação aplicadas aos processos de serviço.