Foto: flickr.com/photos/caochopp

A Global Business Travel Association (GBTA), organização global de viagens de negócios e eventos corporativos, apresentou um relatório que aponta para uma previsão de crescimento de 9,3% em despesas de viagens de negócios no Brasil em 2012.

Para 2013, a alta prevista é de 12,6%.

O total em de despesas de viagens de negócios deve atingir US$ 30,1 bilhões neste ano. Conforme a previsão, o país deverá superar a Coreia do Sul e se tornar o oitavo mercado mundial para de despesas de viagens de negócios no próximo ano.

Dentre os destaques do relatório também está o apontamento de que 80% dos gastos com viagens de negócios é voltada para voos domésticos, mas em 2012 as taxas de crescimento nas viagens de negocio s internacionais serão o dobro das locais.

Conforme o presidente da GBTA Brasil, Wellington Costa, apesar do clima econômico global, “o Brasil permanece em uma faixa de crescimento robusto  em viagens de negócios, especialmente quando comparado com os EUA e a Europa”.

INFRAESTRUTURA
O estudo constata que a questão chave é se o Brasil pode enfrentar suas limitações de infra-estrutura de viagens para atender a sua demanda em expansão de viagens de negócios.

Segundo apontamentos do relatório, o quadro pode mudar com os mais de 30 mil novos quartos de hotel em construção ou em fase avançada de planejamento - um aumento de 6% na capacidade.

No entanto, a Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas em 2016 irão manter a oferta abaixo da demanda para o médio prazo.