Totvs reforçou seu time com ex-SAP.

A Totvs contratou dois ex-profissionais da SAP para comandar as suas diretorias comerciais das unidades em Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

No Rio, o contratado foi Celso Matoso, executivo que estava na SAP desde 2006, tendo atuado nas áreas de vendas e como resposável pelas contas da Petrobras e Vale. Azevedo assume uma conta de mil clientes.

Já em Minas, a novidade é Flávio Costa de Azevedo, ex-VP de Vendas da Vetta Group e diretor de vendas da Neoris em Minas. Na SAP, Azevedo foi executivo de contas sênior até maio de 2011.

Azevedo está de volta à Totvs, onde foi gerente comercial da então unidade da Datasul em Minas de 2004 a 2007. A Totvs tem 2 mil clientes em Minas.

O troca troca de executivos é mais um passo da escalada da disputa entre SAP e Totvs no mercado de ERP do Brasil.

Os fronts estão bem definidos. A SAP é líder entre os clientes acima de 600 usuários no Brasil, com 41% de participação de acordo com a FGV, enquanto perde feio entre as empresas menores: entre 30 e 160 usuários, os alemães tem apenas 8%, frente a 54% da Totvs.

A SAP tem consolidado sua presença nos clientes maiores, migrando muitos usuários do sistemas da base Totvs - Medabil, Kepler Weber e Fundição Tupy, para ficar em três clientes desse ano na região Sul – enquanto tenta promover o avanço do software para pequenas e médias Business One, cuja base no país ainda é pequena, com menos de 2 mil contas.

A Totvs reage contratando executivos de mercado como Matoso e Costa, além de ter criado a Totvs Private, uma estrutura focada nos 30 maiores clientes. Ela é comandada por um gaúcho: Marcos Mylius, ex-IBM, Oracle e SAP.

Entre os pequenos, a companhia visa ampliar sua liderança criando um braço exclusivo para vender o Série 1, seu sistema de gestão para pequenas empresas, vendido por R$ 99 mensais o usuário. Atualmente com 170, a área tem a meta de chegar a um em cada uma das 5,5 mil cidades brasileiras.