Aintec consultará patentes inovadoras. Foto: divulgação.

A Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Aintec), oferecerá serviços de assessoria para empresas interessadas em buscar recursos do Tecnova, programa de fomento da Finep.

Para isso, o escritório de propriedade intelectual da agência fará buscas em bases de patentes que ajudem a provar que o produto ou serviço disputando o financiamento é de fato inovador.

O motivo para esta comprovação tem a ver com as determinações do Tecnova, cujo edital prevê que as empresas interessadas em participar devam ter um produto inovador.

Para comprovar essa inovação, é preciso apresentar uma busca de anterioridade para descobrir se a tecnologia proposta é inovadora para o Tecnova. E é aí que a Aintec entra. Em novembro, a entidade já fechou contrato com nove empresas.

O valor é R$ 50 por documento de patente, sendo que o valor mínimo para a busca é R$ 100. Se não for encontrada nenhuma patente semelhante, a empresa paga R$ 100. O valor máximo é de R$ 500.

Se uma empresa, por exemplo, tiver três documentos de patentes, o valor é de R$ 150. Agora, se forem encontrados dez ou mais documentos, por exemplo, o valor é de R$ 500.

Para a busca, são avaliados documentos de patentes dos seguintes escritórios: Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), World Intellectual Property Organization (WIPO), United States Patent and Trademark Office (USPTO), Europen Patent Office (Espacenet), Japan Patent Office e Derwents Innovations Index.

“É importante destacar que esse serviço será ampliado para além do Tecnova, ou seja, as empresas interessadas em fazer prospecção tecnológica podem nos procurar para tal iniciativa”, observa Ciro Ozawa.

No Paraná, o programa Tecnova conta com recursos na ordem de R$ 22,5 milhões para projetos de inovação tecnológica. O prazo de submissão de propostas vai até o dia 5 de dezembro.

Micro empresas podem solicitar até R$ 360 mil, sendo que a contrapartida da empresa é de 5%. Já para empresas de pequeno porte, podem solicitar recursos entre R$ 360 mil e R$ 3,6 milhões. Nesse caso, a contrapartida é de 10%. O edital completo está disponível no link.