Um drone para entregar seu pedido. Foto: divulgação.

Um drone entregando sua encomenda da Amazon em trinta minutos. A premissa inovadora, chamada de Amazon Prime Air é um dos planos da varejista para revolucionar seu processo de entrega de seus pedidos. 

O novo serviço foi apresentado pelo CEO Jeff Bezos em um segmento do programa norte-americano 60 Minutes na noite deste domingo, 01. O CEO destacou que o Prime Air funcionará em um regime de testes por enquanto.

“Eu sei que isso parece coisa de ficção científica, mas não é. Mas ainda é cedo, ele (o serviço) ainda está mais para frente", afirmou Bezos, ressaltando que a nova modalidade de entrega só deve chegar a grande parte dos consumidores daqui a quatro ou cinco anos.

Os veículos não tripulados são autônomos, de acordo com Bezos. Basta que um funcionário da Amazon coloque no sistema as coordenadas de onde a entrega deva ser efetuada, e o drone sai voando.

"A parte difícil é garantir a segurança", afirmou o executivo ao apresentador Charlie Rose. "É preciso ter a confiabilidade que ele não vai pousar na cabeça de alguém", observou.

Antes de chegar ao grande público, além de ser ajustada melhor pela Amazon, a novidade precisa passar pro aprovações do governo norte-americano, em relação ao seu uso do espaço aéreo no país.

No entanto, em sequencia à sua participação no programa da CBS, a companhia divulgou um vídeo mostrando o Prime Air em ação, em que um cliente faz um pedido, cujo produto é processado em um centro da Amazon e despachado via drone.

No caso do vídeo demonstrativo, o produto solicitado era uma peça de skate. De acordo com Bezos, para qualificar para esta nova modalidade de entrega, os pedidos não podem ultrapassar cerca de 2kg em peso, e devem estar em um raio de até 10 milhas (cerca de 16km) de um centro de distribuição da empresa.

No caso dos Estados Unidos, isto pode não ser um problema. De acordo com o Mashable, a varejista está ampliando o número de centros de distribuição em diversas regiões do país, o que pode levar a nova modalidade a um número considerável de clientes.

Mesmo assim, alguns analistas não estão assim tão impressionados pela proposta de Jeff Bezos. Conforme Larry Dignan, do ZDNet, o vídeo divulgado pode não passar de um truque publicitário liberado pela Amazon para impulsionar suas vendas da Cyber Monday, data varejista que vem no encalço da Black Friday.

Apesar do cinismo, o analista reconhece que nenhum plano da Amazon, por mais mirabolante que seja, deva ser subestimado.

"Bezos é um showman, então pode apostar que a história dos drones foi divulgada para a Amazon dominar o Cyber Monday. E a Amazon provavelmente terá entregas via drones, mas ela deverá levar um tempo", destacou.

Confira abaixo o vídeo de apresentação do Amazon Prime Air.