Petrobras adota Analytics da SAS. Foto: divulgação.

O SAS, empresa de soluções e serviços de Business Analytics, implantou a sua solução de Analytics na Petrobrás, apoiando a estatal para identificar áreas para a produção de petróleo e óleo ou gás.

Com o desafio de analisar pacotes de rochas com idade geológica entre cinco e 150 milhões de anos, a Petrobras precisava de um sistema que ajudasse os funcionários a manipular grandes quantidades de dados, além de auxiliá-los em decisões de grandes projetos.

A Petrobras também usa a tecnologia na tomada de decisões estratégicas. Segundo o SAS, a adoção da plataforma trouxe rentabilidade de projetos da companhia, como os realizados na área de produção terrestre.

Em média, os campos passaram a produzir cerca de 230 mil barris por dia após a utilização do sistema.

"A importância das soluções analíticas está, principalmente, no fato de que o SAS tem provado ser seguro em 100% dos casos. Não há nada no mercado que corresponda a esse desempenho”, comenta Olinto Gomes de Souza, geólogo sênior da Petrobras.

As soluções analíticas do SAS são utilizadas há mais de 15 anos pela Petrobras. Em 2007, a companhia alcançou uma produção diária recorde: foram mais de dois milhões de barris em um dia.

Ao longo do tempo, a Petrobras aumentou suas necessidades devido à aquisições e disponibilidade de novas soluções analíticas. Com a plataforma, os técnicos da companhia podem criar modelos estatísticos e analisar grandes volumes de dados.

A meta para 2020 é que a Petrobras torne-se uma das cinco maiores empresas integradas de energia do mundo.

No Brasil desde 1996, a subsidiária brasileira do SAS conta com 200 clientes, escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, 180 colaboradores e atua em diferentes setores como finanças, telecomunicações, varejo, energia, governo, manufatura e educação.