Dalmir Ogliari e Thiago Chaer, sócios da EngagED. Foto: Divulgação.

A startup EngagED, de Curitiba, receberá aporte em créditos no valor de US$ 100 mil do Google. O recurso destinado à companhia, que atua com tecnologia focada em educação, virá através da rede Startup Grind e deve ser utilizado na Google Cloud Platform.

“Encontrar novas formas de monetização é sempre o grande desafio das empresas. Com a entrada desse capital tecnológico, poderemos calibrar nossa oferta de serviços recorrentes via processamento de dados na nuvem e business inteligence e, consequentemente, maior penetração e confiança com os clientes para novos modelos de receita”, explica Dalmir Ogliari, sócio da EngagED.

Além disso, a empresa pretende criar novos modelos e serviços sustentados por dados e modelos prescritos, que atenderão a necessidade dos alunos e das instituições, elevando a qualidade da educação.

A startup trabalha com soluções tecnológicas que visam a aproximar o aluno da instituição de ensino, gestores e educadores. A plataforma de aprendizado da empresa abrange o modelo de negócio, os alunos, professores e colaboradores, a sociedade e a economia.

“Alunos e professores utilizam diferentes tecnologias para suprir suas necessidades de construção e gestão do conhecimento, essa autonomia abriu um abismo na relação entre instituições, alunos e professores. Com este aporte e inteligência das plataformas do Google, a EngagED criará um marco para a educação brasileira, por meio da geração de novos modelos e serviços educacionais” pontua Thiago Chaer, sócio da startup.

Antes da EngagED, Chaer foi gerente de projetos da Midiaweb Inteligência Interativa e diretor de Tecnologia do Grupo .Mobi. Já Ogliari, também sócio, já foi diretor Comercial do Clube de Criação do Paraná e Direct Marketing Officer da Agência IMAM e da Midiaweb Inteligência Interativa.

Fundado em 2010, no Vale do Silício, o Startup Grind está presente em mais 60 países, com uma comunidade global de em média 120 mil empreendedores e startups. Desde 2013, a iniciativa tem o apoio do Google for Entrepreneurs. 

A parceria tem como objetivo avaliar e indicar startups para receberem uma espécie de investimento seed de US$ 100 mil na forma de uso de serviços e soluções da plataforma Google Cloud. 

Dentre as empresas que receberam o incentivo figuram nomes com Khan Academy, Snapchat, Wix e Pulse.