Marco Stefanini.

A Stefanini anunciou uma “fusão” com a IHM Engenharia, empresa mineira especializada em projetos de automação industrial nesta terça-feira, 03.

As aspas vão por conta da falta de informações por parte da empresa sobre os termos do negócio. A Stefanini não falou em uma nova composição acionária, o modelo de atuação conjunta ou abriu valores sobre a operação.

Fundada em 1994, a IHM já entregou 800 projetos envolvendo engenharia civil, mecânica, elétrica, processo, montagem, automação, otimização, MES e TI para clientes como Votorantim, Aracruz e Furnas. A empresa tem filiais em São Paulo, Vitória, Recife e Betim.

A empresa não divulga dados de faturamento, mas com certeza boa parte dele vem de linhas de negócios complentares aos da Stefanini, cujo forte está em consultoria, integração de sistemas, outsourcing e BPO, principalmente para o setor financeiro, no qual atende as dez maiores instituições financeiras do país, mas também em telecomunicações, seguradoras e setor público.

“A IHM é uma empresa consistente no setor industrial e poderá nos ajudar a levar as ofertas da Stefanini para outras verticais”, explica Marco Stefanini, CEO global da Stefanini.

Num primeiro momento, o foco de atuação será nos locais onde as duas empresas têm filiais. Depois, a parceria irá se estender para a América Latina e demais países.

A Stefanini fechou 2014 com um faturamento de R$ 2,35 bilhões, uma alta de 11% frente ao ano anterior, e prevê manter o mesmo ritmo em 2015.